Conecte-se conosco

Gospel

Amanda Wanessa é transferida para quarto e vem apresentando melhora gradativa

Publicado

em

Cantora Amanda Wanessa – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A cantora gospel Amanda Wanessa segue lutando pela vida, após sofrer um grave acidente de carro na PE-60 Zona da Mata Sul de Pernambuco, na primeira semana de janeiro. Segundo sua assessoria, ela foi transferida para o quarto apartamento, após quase três meses.

Publicidade

Amanda está internada no Real Hospital Português, em Recife, e está apresentando melhora gradativa conforme nota publicada pela assessoria. Segundo a nota, “o processo é lento, mas a cada dia ela vence mais uma etapa”.

“Por isso, entregamos nossa aflição, dúvidas, anseios e escolhemos CONFIAR. Confiar em Seu tempo e em Sua vontade. O tempo não é nosso. E a vontade do Senhor é boa, perfeita e agradável. Por isso, celebramos diariamente cada evolução da nossa Amanda Wanessa”, escreveu a nota.

Publicidade

“O processo é lento. Mas, para glória de Deus, a cada dia ela vence mais uma etapa, avança… Nós, humanos, podemos não compreender, duvidar, especular… Mas, a paz do Senhor nos possibilita prosseguir com fé e aguardar. Esta é a verdade. Obrigada de todo coração a todos que estão carinhosamente e sinceramente conosco em oração e esperando o tempo de Deus. Nossa família não tem palavras para agradecer tanto carinho. Que Jesus abençoe a todos”, completou a assessoria.

O marido da artista falou a respeito do estado de saúde da cantora no início de março. Ele disse que Amanda está evoluindo no quadro neurológico e confirmou que a recuperação da esposa é lenta.

“Ela está bem, graças a Deus. Amanda está evoluindo no quadro neurológico. Apesar de toda a ansiedade da família, os médicos falam que a recuperação realmente é lenta. Estamos com fé, vamos esperar o tempo de Deus e aguardar a recuperação total dela”, contou ele, explicando que a cantora precisou passar por uma traqueostomia (procedimento indicado em casos em que é necessária a desobstrução das vias respiratórias). “Ela está minimamente consciente”, acrescentou Dobson.

Publicidade

Sobre um possível comprometimento das atividades motoras como a fala, o andar, fazer uso das mãos, Dobson foi mais cauteloso.

“De acordo com os médicos, essas respostas não têm como serem respondidas, eles não arriscam dar uma prognóstico antecipado. Eles já presenciaram centenas de casos graves serem revertidos, por isso temos essa cautela sobre gerar expectativas sobre sequelas”, disse o marido ao R7.

 

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês