Andressa Urach alega ter sido comparada à satanás e ameaça revelar áudios sobre a Igreja Universal

Andressa Urach – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A escritora e apresentadora Andressa Urach falou mais uma vez sobre a Igreja Universal do Reino de Deus nas redes sociais. A influenciadora acusou os pastores da instituição e a filha do bispo Edir Macedo de mencionar seu nome em reuniões além de compará-la ao diabo.

Publicidade

Nas redes sociais, Urach gravou diversos vídeos e criticou os pastores que estavam fazendo comparações entre ela e o satanás. Nas gravações, ela pediu para que isso parasse.

“Aproveitando esse story pra deixar um recado para os queridos pastores da Igreja Universal. Se vocês ficarem usando a minha imagem e ficarem me citando em reuniões, principalmente a Cristiane Cardoso [apresentadora casada com o bispo Renato Cardoso e filha de Edir Macedo], vocês vão ver quem realmente é o diabo, já que estão me comparando”, disse ela.

Publicidade

Andressa Urach, que se casou recentemente com Thiago Lopes e passou a frequentar a igreja Bola de Neve em Porto Alegre (RS), continuou dizendo que possui alguns áudios que podem comprometer a igreja Universal.

“Estou muito bem casada, graças a Deus. Estou me mantendo calada, mas eu não admito que usem minha imagem para comparar a Satanás. Vocês vão ver o satanás de verdade. É só eu falar e mostrar os áudios e tudo o que sei”, concluiu a ex-apresentadora da Record TV.

DEMISSÃO DA RECORDTV E “ALMA NO INFERNO”

Em novembro, Andressa revelou que foi demitida da RecordTV e que a Igreja Universal do Reino de Deus, na qual é membro desde 2015, gerou diversos danos a ela nos últimos anos.

Publicidade

O desabafo de Urach foi parar nos assuntos mais comentados da internet.

“Depois de seis anos de lavagem cerebral em que me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus”, disse ela na legenda.

Na postagem, Andressa anuncia que foi desligada da emissora do Bispo Edir Macedo e culpou a Igreja Universal do Reino de Deus por estar desempregada. Além disso, afirmou que, por causa disso, sua alma estaria no inferno.

“Me levaram praticamente tudo que eu tinha, foram mais de R $1,5 milhão e meio que doei nesses últimos anos para a instituição, fora o meu amor e tempo que dediquei, como todos sabem, e agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record. Parabéns, Igreja Universal, por levar minha alma ao inferno!”, disse a modelo”, disse ela na postagem.

A apresentadora havia rompido com a Universal em outubro deste ano e, após isso, passou a fazer uma série de publicações atacando a instituição cristã.

TESTEMUNHO EM LIVE

Em julho deste ano, Andressa, que tem 32 anos, foi entrevistada pelo jornalista Leo Dias e abriu seu coração para falar das mudanças em sua vida no decorrer dos anos. A artista testemunhou sobre como Deus transformou sua vida da ‘água para o vinho’. Além disso, revelou que decidiu expor seu passado como uma missão “para ajudar quem está no fundo do poço como eu estava”.

Publicidade

 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.