Conecte-se conosco

Gospel

Autora de Salve Jorge diz que criticas de evangélicos é interesse comercial

Publicado

em

A autora da novela “Salve Jorge”, Glória Perez, comentou sobre a polêmica que envolve a nova trama das 21h da Rede Globo e os evangélicos.

Questionada a respeito da tentativa de boicote ao folhetim que estreou nesta segunda-feira (22), promovido por fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus, a autora disse que enxerga essas críticas como interesse comercial, já que a IURD é dona da Rede Record.

“Não vejo boicote nenhum dos evangélicos, o que vejo são interesses comerciais apelando para o fundamentalismo”, disse.

A polêmica tem repercutido nas redes sociais desde a semana passada, quando o site Exército Universal começou a divulgar no Facebook uma campanha pedindo para que os cristãos não assistam a trama por ela fazer referências a Ogum, entidade espírita que corresponde a São Jorge.

No blog do bispo Edir Macedo foi publicado um texto de autoria de uma das funcionárias da Editora Unipro que comenta que São Jorge é na verdade um deus pagão, orientando os leitores a assistirem a reprise da minissérie bíblica na emissora da igreja.

“Jorge não existiu, foi baseado em uma lenda babilônica em que o deus Marduk mata Tiamat, representada por um dragão. Sei que muita gente o vê como exemplo de herói guerreiro, mas herói guerreiro foi Davi!”, diz trecho do texto publicado no blog do bispo.

Apesar de toda a movimentação dos evangélicos nas redes sociais, a nova novela segue com grande audiência, fazendo com que a Rede Globo continue no primeiro lugar no Ibope. E apesar de ficar no segundo lugar, a Record perde por mais de 25 pontos na média de audiência.

Gospel Prime

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Destaques do Mês