Conecte-se conosco

Mundo

Bebê é registrado com 3 pais em certidão de nascimento

Publicado

em

Ian, Alan e Jeremy Allen com a filha

Ian, Alan e Jeremy Allen com a filha – Foto: Divulgação

Uma família ‘poliamorosa’ – que é a prática ou desejo de ter mais de um relacionamento – está viralizando no estado norte-americano da Califórnia, nos Estados Unidos. Isso porque, no ano de 2017, eles se tornaram um “trisal” composto por três homens foi registrado na certidão de nascimento dos filhos.

Publicidade

O médico Ian Jenkins, 45, e seus parceiros Alan Mayfield e Jeremy Allen Hodges concluíram o processo em 2017 e agora estão contando sua história em um livro, escrito por Ian, chamado ‘Three Dads and a Baby’ (‘Três Homens e um Bebê’ em tradução livre), cujo título faz uma brincadeira com o filme de comédia de 1987, ‘Três Solteirões e um Bebê’, estrelado por Tom Selleck, Ted Danson e Steve Guttenberg.

O caso voltou à tona depois de ser divulgado pelo site britânico Daily Mail, que explicou os bastidores por trás do reconhecimento legal.

Publicidade

Ian e Alan estão juntos há dezessete anos e estão com seu parceiro, Jeremy, há oito. Os três homens apaixonados então resolveram terem filhos. Para isso, foram utilizados óvulos doados e uma mãe voluntária, que deu à luz dois filhos. Como resultado, nasceram dois meio-irmãos: Piper, de 3 anos, e depois Parker, de 14 meses.

Depois do nascimento das crianças, os pais entraram na Justiça para que pudessem os três serem registrados na certidão de nascimento. Em entrevista ao site Huffpost, Ian disse que ele e seus parceiros deram “testemunhos muito emocionados” a uma juíza na ocasião.

“Você pôde ver a emoção no rosto da juíza. Ela olhou para todas as opções à sua frente e encontrou uma maneira de usar as leis existentes para nos dar a primeira certidão de nascimento desse tipo em qualquer lugar”, relatou o pai.

Publicidade

O “trisal” garante que a chave para um relacionamento poliamoroso saudável e para a paternidade é “conversa contínua”. Eles contam que como pais cada um exerce uma função diferenciada; por exemplo, a filha, Piper, possui um pai favorito – Jeremy.

“Desenvolvemos uma estratégia para diminuir a carga de trabalho para que Jeremy não se sinta esgotado e eu possa compartilhar as alegrias de tê-la [como filha]. Todos nós temos um papel diferente”, explicou Ian.

Ian disse que eles queriam aumentar a conscientização sobre a necessidade de mais direitos legais para ‘famílias poliamorosas’ e disse que eles tiveram sorte de estar em um estado liberal como a Califórnia.

“Alguns estados são simplesmente brutais. Eles fazem todos os esforços para impedir a criação de filhos por famílias não tradicionais”, assegurou.

O livro será publicado em março de 2021 e conta a história da família, além de oferecer dicas de educação parental e conselhos sobre o que fazer quando seu filho prefere o papai x ou y, bem como os lados positivos de criar uma família com três rendas e três pessoas para acordar durante as mamadas da madrugada.

Publicidade

Ian Jenkins, Alan Mayfield e Jeremy Allen Hodges com seus dois filhos, Piper e Parker (Foto: Reprodução @three_dads_and_a_baby)

Destaques do Mês