Bolsonaro lamenta mortes e volta a defender uso da cloroquina

O presidente lamentou as mortes em um publicação nas redes sociais

Foto: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro publicou na manhã desta quarta-feira (20), uma mensagem lamentando os óbitos em decorrência do coronavírus no país. Na mensagem, Bolsonaro lamenta as mortes e fala em “dias difíceis.

O ministério da Saúde confirmou até esta terça-feira (19), 17.983 mortes e 271.885 casos confirmados. Além disso, a pasta anunciou que 98.997 pacientes já se recuperaram da doença.

 

LEIA TAMBÉM:

+Evangelista Ravi Zacharias morre de câncer aos 74 anos

+Leia nota da polícia, sobre a morte do adolescente de 14 anos morto após operação no Rio

+“As pessoas estão chegando à Cristo após assistir ‘Enquanto Estivermos Juntos’”, diz diretor

 

Ainda na postagem, o chefe do executivo voltou a defender o uso da cloroquina para tratar paciente com Covid-19. O Planalto promete para hoje um novo protocolo para o uso do medicamento para combate ao coronavírus.

Jair Bolsonaro quer que o remédio, que já pode ser usado em pacientes em estado grave de Covid-19, seja também permitido para pacientes em estágio inicial da doença.

Dias difíceis. Lamentamos os que nos deixaram. Hoje teremos novo protocolo sobre a cloroquina pelo Ministério da Saúde. Uma esperança, como relatado por muitos que a usaram – Escreveu Bolsonaro, ao lado de uma foto em que aparece na rampa do Palácio do Planalto.

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.