Cassiane: Nova versão de clipe tem cena explícita de denúncia e prisão de homem

O clipe lançado na última sexta-feira (17), ganhou repercussão no país e foi alvo de críticas e debates no meio gospel

Cena do videoclipe de A Voz, da cantora Cassiane (Foto: Reprodução)

A cantora Cassiane e sua gravadora, MK Music, lançaram no final da noite deste domingo (19), a nova versão do clipe “A Voz”. Ambas foram criticadas pela falha em não expor sobre a denúncia contra a violência doméstica explicitamente no clipe. O videoclipe lançado na última sexta-feira (17), ganhou repercussão no país e foi alvo de críticas e debates no meio gospel, principalmente neste domingo (19).

O novo clipe foi lançado às 23h00 deste domingo e foi bastante elogiado pelo público até aqui, após uma mudança em partes do vídeo. Foram acrescentadas cena explícita da mulher ligando para o 180 e a prisão do homem agressor. Assista abaixo:

 

Leia Mais:

+MK Music pede desculpas após críticas à clipe de Cassiane sobre violência doméstica

+Cantora Damares se emociona com vídeo de noiva louvando no casamento

+Fernanda Brum deixa MK Music e assina contrato com a Sony Music

 

O clipe de pouco mais de 5 minutos retrata a história de uma mulher que sofre violência doméstica do companheiro e, após deixá-lo, ela deixa uma carta dentro de uma bíblia dizendo que o perdoou. Em nenhum momento o vídeo deixa claro que a vítima denuncia o marido à polícia.

– Reconheça a voz de Deus. Deixa ela estremecer o seu coração. O timbre santo do Senhor há de te curar, pois Ele é a voz que restaura a vida. Oro por você. Perdoo você – Diz o bilhete lido pelo agressor no vídeo.

Apesar da mudança, a primeira versão ainda continua disponível no YouTube da gravadora. Ele teve até o começo da manhã desta segunda-feira (20), mais de 88 mil dislikes, o que revela que muitos não curtiram o conteúdo do vídeo da Cassiane.

 


Siga o Gospel Minas no Google News


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.