Coronavírus: Espanha usa galpão e abre hospital com 5,5 mil leitos em Madri

Governo da capital espanhola vai utilizar um centro de exposições para disponibilizar milhares de novas vagas para atender pacientes com covid-19.

Coronavírus: Espanha usa galpão e abre hospital com 5,5 mil leitos em Madri

Foto: Comunidade de Madrid/AFP

Dezenas de pacientes com coronavírus foram transferidos neste domingo (22) para um hospital de campanha improvisado, instalado em um centro de conferências de Madri, com capacidade para 5.500 leitos, o que torna a maior instalação desse tipo em toda a Europa.

Publicidade

Com a ajuda do exército do país, a transferência de 200 pacientes começou um pouco antes da meia-noite nos hospitais da área para o amplo centro de conferências IFEMA, onde 1.300 leitos hospitalares foram montados até agora de acordo com um informativo do governo regional de Madri.

+Terremoto de magnitude 5.3 causa destruição na Croácia e deixa um morto

Publicidade

+Justin Bieber faz transmissão ao vivo e ora pedindo o fim do coronavírus

+Cláudia Raia convoca pessoas a orar um minuto por dia

“O hospital receberá um total de mais de 300 pacientes com coronavírus neste fim de semana”, disse o diretor da unidade, Antonio Zapatero, em entrevista ao jornal El Mundo.

Publicidade

O hospital de campanha terá 5.500 leitos assim que for totalmente enviado, incluindo 500 em uma unidade de terapia intensiva. Na região de Madri, o número de mortos chegou a 130 pessoas em 24 horas, totalizando 628. Já em todo o país há 1.002 óbitos em decorrência da doença, isso significa que em Madri houve uma média de uma morte por coronavírus a cada 11 minutos. Além disso, a região da capital registrou até o momento 7.165 casos registrados, dos quais 678 estão em UTIs, o que levou ao colapso de muitos desses serviços, e alguns hospitais não admitem mais pacientes.

O Ministério da Saúde da Espanha admitiu que a “sobrecarga” e a “pressão” nas UTIs de certos hospitais estão forçando-as a serem “um pouco mais restritivas” na admissão de pacientes. Outras regiões estão recorrendo a hospitais de campanha.


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.