Conecte-se conosco

Mundo

Criança comete suicídio durante a aula online no Zoom, nos EUA

Publicado

em

Imagem: Ilustrativa – Charles Deluvio / Unsplash

Os deputados do Gabinete do Xerife do Condado de San Joaquin confirmaram que um menino de 11 anos morreu por suicídio. As autoridades disseram que o aluno do ensino fundamental de Woodbridge (Califórnia), nos EUA, estava logado em sua aula de vídeo Zoom. Quando desligou o microfone e a câmera e então atirou em si mesmo.

A irmã do menino, que estudava a distância em outra sala, encontrou o irmão. E contou para uma vizinha e a professora, a fim de que ajudasse a chamar a polícia. Quando os policiais chegaram a sua casa pouco depois das 11 horas, eles encontraram um menino com um tiro na cabeça. Então levaram ele para um hospital com seus pais. No entanto, mais tarde, ele morreu devido aos ferimentos.

Em um comunicado o gabinete do xerife disse estar muito triste ao informar a morte do aluno. De fato, um estudante de 11 anos da Woodbridge Elementary School. Visto que com base nas descobertas preliminares o menino faleceu devido a ferimentos causados por um tiro auto infligido. Em seguida completou que seus pensamentos estão com a família. Assim também como de todas as pessoas afetadas por esse trágico caso.

Publicidade

Escola oferece serviços de aconselhamento

Cathy Nichols-Washer, disse que eles ficaram “profundamente tristes” ao saber sobre a morte do aluno. Logo após acrescentou que os serviços de aconselhamento estão disponíveis para alunos e funcionários afetados por sua morte.

“Nossos pensamentos estão com a família afetada por esta terrível tragédia. Também oferecemos nossas condolências à comunidade do Woodbridge Elementary”.

Renee Bond, uma conselheira clínica licenciada que trabalha com crianças, que este último incidente destaca que:

Publicidade

“Realmente é hora de uma sociedade começar a investir em bem-estar e saúde mental”.

Estatísticas

Em agosto, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças mostraram que 22,5% dos adultos americanos entre 18 e 24 anos admitiram ter pensado em suicídio nos últimos 30 dias por causa da pandemia Covid-19. Da mesma forma, as pessoas de 25 a 44 anos, 16% disseram que já pensaram em tirar suas vidas.

Parte da preocupação entre os especialistas em saúde é a maneira como a mídia exagerou e exagerou a ameaça do COVID-19.

“Foi divulgada a mensagem de que esta é uma infecção terrível que é uma assassina, que todos correm o risco de morrer”, disse o cardiologista Dr. Daniel Wohlgelernter ao CBN News. “Sabemos que 99,7% das pessoas infectadas com Covid sobrevivem”.

Se acaso você está lutando contra pensamentos suicidas, você não está sozinho. Você pode ligar para o Centro de Valorização da Vida (CVV) em 188.

 

Publicidade
1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Criança comete suicídio durante a aula online no Zoom, nos EUA - OTPB - Ordem dos Teólogos e Pastores do Brasil

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês