Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, em MG

A Polícia Civil investiga o caso de estupro contra a criança, em que o suspeito é o padrasto dela, de 26 anos. A mãe da menina, também está grávida do próprio homem

Delegada de Polícia Civil Adeliana Xavier – Foto: Reprodução

Uma menina de apenas 10 anos de idade viveu o terror de ter sido estuprada pelo padrasto e ter ficado grávida de gêmeos. A Polícia Civil investiga o caso de estupro contra a criança, em que o suspeito é o padrasto dela, de 26 anos. O caso aconteceu no bairro Carapina, em Governador Valadares, na região do Rio Doce em Minas Gerais.

Publicidade

Segundo a polícia, a mãe foi quem denunciou o crime, após descobrir que a filha está grávida de gêmeos e com 14 semanas de gestação. A mãe da menina também está grávida do suspeito, com 21 semanas.

A mãe começou a desconfiar quando percebeu que a menstruação da filha estava atrasada e resolveu fazer um exame de gestação.

Publicidade

A mãe marcou o exame pelo Sistema Único de Saúde, mas como ia demorar para fazer, ela juntou o dinheiro e pagou a ultrassonografia. Em depoimento à polícia, a vítima disse que o último abuso foi no dia 7 de janeiro, Segundo a delegada responsável pelo caso, Adeliana Xavier.

“Ela fez o exame ontem (nesta terça) e viu que a filha estava grávida de gêmeos. Ela foi perguntar para a filha o que tinha acontecido. A menina não queria contar, mas por fim falou que o padrasto tinha feito isso com ela. A mãe foi para casa e foi para cima do padrasto, agrediu ele, xingou e ficou revoltada. O suspeito se defendeu das agressões e também agrediu a mulher com empurrões. Ela ficou com marcas do crime”, complementa a delegada.

De acordo com a polícia, um inquérito foi aberto nesta quarta-feira (20/01), após a mãe comparecer na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, junto com a filha, nessa terça-feira (19/01). Segundo a vítima, os abusos teriam começado quando ela ainda tinha 6 anos de idade.

Publicidade

“Segundo as informações prestadas pela própria menina, ele começou a molestá-la quando ela tinha 6 anos, mas não era frequente. Durante esse período de 6 aos 10 anos de idade, ele a molestou entre quatro e cinco vezes”, disse a delegada.

A polícia informou ainda que trabalha para apurar os fatos e localizar o autor. Ele é procurado desde a denúncia.

“Como que uma pessoa tem a coragem de pegar uma menina que está com o corpo em formação ainda. Como que ele tem coragem de pegar uma menina, uma criança, e estuprar, sabendo que aquilo é errado? Eu, como delegada de polícia, eu tenho que me virar do avesso para tentar tirar esse sujeito de circulação”, lamentou a delegada.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito entrou em contato com a mãe na manhã desta quarta-feira perguntando sobre os outros filhos que os dois têm juntos e informou que estava em Conselheiro Pena (MG), mas que não ficaria por lá.

Ainda de acordo com a polícia, a mãe e a vítima foram encaminhadas ao hospital de Governador Valadares. Adeliana pediu que o Conselho Tutelar da cidade acompanhe a família.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.