Conecte-se conosco

Brasil

Cristãos ajoelham para orar por pacientes internados em Santa Catarina

Publicado

em

Parentes de pacientes com Covid-19 fazem corrente de oração em frente a hospital de SC – Imagem: Reprodução

O Brasil vive uma grande crise no sistema de saúde em razão da pandemia da Covid-19, o novo coronavírus. Consequentemente, o número de internações em hospitais vem crescendo, deixando famílias apreensivas.

Diante disso, famílias de pacientes internados em Santa Catarina, no sul do país, resolveram montar correntes de orações em volta de hospitais no estado, em favor dos familiares que estão lutando contra a Covid-19.

Em Chapecó, no interior do estado, um advogado registrou cristãos orando em frente a um hospital particular da cidade, no último sábado (27/02). Cerca de 20 pessoas levantaram um clamor em prol dos familiares ali internados.

Publicidade

“Fiquei muito impactado, sensibilizado. Me deu uma tristeza e fiquei emocionado com o ímpeto de choro, porque dá um desespero na gente. Afinal de contas, sabemos de todo o contexto [que a cidade vive]. Fiquei preocupado. Enviei as imagens para o grupo da minha família, na ideia de conscientizá-los”, disse o advogado José Valderi da Silva, de 43 anos, ao portal G1.

Veja o registro abaixo:

Publicidade

Na última segunda-feira (02/02), um outro registro foi feito em Videira, no Oeste de Santa Catarina, e mostra três pessoas de joelhos orando encostadas na estrutura do Hospital Salvatoriano Divino Salvador.

Ainda na região Oeste do estado, agora na cidade de Xanxerê, na última quinta-feira (25/02), agentes das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros fizeram uma homenagem aos pacientes internados e aos profissionais da saúde que atuam no hospital e no ambulatório de campanha. Os agentes se enfileiram e realizaram uma oração seguida de uma salva de palmas.

A atualização do último boletim divulgado mostrou que Santa Catarina tem taxa de ocupação geral de leitos de 96%. A situação mais dramática ocorre no Oeste, que tem 98,84% dos leitos ocupados. A região Sul aparece com a menor taxa, 92,96%.

Registro foi feito em Videira, em Santa Catarina – Foto: NSC TV/Reprodução

 

Destaques do Mês