Dançarina se emociona após jovens cristãos “invadirem” sua live ao vivo para cantar

Iniciativa surgiu dos jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Paraná

Isabelli Costa (acima) – (Foto: Reprodução)

Fiéis da Igreja Adventista do Sétimo Dia da cidade Cascavel, no Paraná, surpreenderam uma jovem que fazia uma live ao vivo pelo Instagram. Tudo porque os jovens cristãos decidiram ‘invadir’ a transmissão e pregar o amor de Jesus à jovem.

A dançarina e contorcionista, Isabelli Costa, percebeu um aumento significativo dos expectadores durante sua live. Ao mesmo tempo foram surgindo comentários como “Chama a Alice” e “Convida a Alice para a sua live”. A parti dali, sem entender o que estava acontecendo, Isabelli Costa resolveu chamar a Alice que também estava lhe assistindo. A dançarina se surpreendeu após a moça entrar no bate-papo.

 

Leia Mais:

+Médicos cantam “Porque Ele Vive” para celebrar cura de paciente com Covid-19

+Professora evangélica é investigada por dizer em live que homossexualidade é pecado

+Igreja realiza serenata para os membros diante da pandemia: “Pregamos o amor”

 

– Eu vou te explicar o que está acontecendo. Viemos aqui, eu e toda essa multidão, para falar hoje que você é uma pessoa muito especial, amada, querida […] e eu queria saber se posso cantar uma música para você. A gente só veio aqui espalhar amor para você porque houve uma pessoa que nos amou primeiro, e o nome dessa pessoa é Jesus – Esclareceu Alice enquanto do outro lado da tela Isabelli mal sabia como reagir.

Após isso, Alice e o violonista Christian Cerezolli cataram a música “Isso é Amor”, do grupo Vocal Livre. Enquanto cantavam, a única coisa que Isabelli conseguia fazer era ir às lágrimas. Também foi lida a passagem bíblica de João 15:13 e feita uma oração.

A música “Isso é Amor” explica um pouco do que Jesus Cristo fez e faz pela humanidade por meio de seu sacrifício e sua busca pelo ser humano.

Presença online na pandemia

A ação foi feita pelos jovens da Igreja Adventista da região oeste do Paraná. O movimento é chamado de “Sal na Live” e foi motivada por uma iniciativa que veio do departamento Jovem da Igreja Adventista no Sul do Brasil, o “Sal na Web”.

O movimento tem a finalidade de incentivar jovens do estado do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul a serem relevantes no Reino de Deus. Além disso, o movimento tende a compactuar o amor, mesmo em meio ao distanciamento social provocado pela pandemia da Covid-19.

O projeto dos jovens adventistas têm se focado na escolha de lives de anônimos. E os jovens se mobilizam com antecedência para que a ação saísse como planejado.

– Todo mundo sentiu que quando a gente entra em lives de pessoas menos conhecidas, o contexto é bastante especial – Disse Aline – O meu [perfil de] Instagram é só uma ferramenta pessoal para fazer isso, mas já virou um projeto que não é meu, nem nada, até porque quem faz o maior movimento é quem está nos comentários simultaneamente falando um monte de coisas positivas para a pessoa – Disse ela.

Para o diretor do departamento que atende jovens no oeste do Paraná, pastor Rodolfo Kalschne, ações desta natureza precisam ser difundidas, tanto pelo contexto da época, quanto pela comunicação eficaz com seu público-alvo.

– A iniciativa da Alice é uma necessidade para ser copiada por muitos outros jovens e fiéis da Igreja. Nós temos hoje todo mundo conectado a internet, redes sociais e a gente precisa criar meios e alternativas para ser relevantes. Para ter uma maneira correta de alcançar as pessoas que ali estão – Disse o pastor.

Assista:

 

Com informações de ‘Notícias Adventistas’


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!


COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.