Ex-Miss Bumbum se torna pastora evangélica e testemunha: “Sou uma nova mulher”

Ex-Miss Bumbum Ana Paula Souza agora é pastora – Foto: Reprodução/Instagram

Ana Paula Souza, Ex-Miss Bumbum do Distrito Federal, se converteu e foi consagrada pastora em 2018 na cidade de São José dos Campos, em São Paulo. Ana, que hoje é casada e tem como nome Ana Akiva, se converteu ao cristianismo em 2015, mas só agora que tem testemunhado esse período importante de sua vida.

+ Diretor se diz arrependido de ter feito o filme da cantora Flordelis

– Deus me transformou, mudou a minha vida e agora tenho novos propósitos. Me arrependo muito de tudo o que fiz e da exposição tão apelativa que tive. E não sinto falta de nada daquela época. Tudo ficou no passado, não quero mais ser lembrada como modelo – Disse ela.

– Sinto vergonha disso, rasguei minha faixa de Miss Bumbum logo depois da minha conversão, foi libertador, sou uma nova mulher – Completou.

+ Cantor Cauan após deixar UTI: “Jesus fez um milagre muito grande”

Ana Akiva conta que começou a frequentar uma igreja evangélica em Goiânia/Go, a convite de um casal de amigos e desde então se tornou cristã. Ela conta que hoje consegue compreender que o tempo de contar seu testemunho chegou.

– Hoje consigo compreender que o tempo de contar minha história chegou, e por mais que essa história tenha sido de vergonha, Deus a usou para que muitas vidas sejam transformadas através de tudo que vivi. Por causa do pecado, ficamos separados de Deus e debaixo de condenação. O pecado nos escraviza. Por alguns anos fui escrava do pecado e da imoralidade, mas hoje para glória do nome de Deus estou livre e por onde eu for quero que o nome do Senhor seja glorificado através de minha vida e de minha conduta – Disse Ana.

Durante esses anos, Ana viveu no anonimato com seu marido e seus dois filhos, sem contato com o meio artístico, cursando Serviço Social, meditando e estudando a palavra de Deus. Ela testemunhou que sente uma mudança geral em sua vida com relação ao passado; ela chegou a ser musa no Carnaval de São Paulo.

+ “Lucas 12”, nome da operação que denunciou Flordelis, foi inspirada na Bíblia

– Me deixei levar e acabei fazendo coisas que me arrependo. Claro que assumo tudo o que fiz, hoje sou a mudança, estou fazendo diferente. Foi uma fase necessária para me reencontrar e trazer Deus para a minha vida. Não quero ser comparada a outras modelos e misses que se converteram. Tenho a minha própria história de transformação e um testemunho lindo. Deus muda histórias e decretos, Deus fez coisas sobrenaturais na minha vida – Disse ela.

 

Com informações de O DIA.


Receba as notícias do Gospel Minas no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp: bit.ly/2R9Ign9

Telegram: bit.ly/2CNJQY7


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.