Conecte-se conosco

Gospel

Franklin Graham pede que pastores obedeçam as regras sobre Covid-19

Publicado

em

Foto: Justin Sullivan / Getty Images

O evangelista americano Franklin Graham pediu aos líderes da igreja que sigam o conselho de especialistas e parem de prestar serviços pessoais. Os comentários de Graham são recebidos quando várias congregações nos Estados Unidos receberam ordens da polícia por desconsiderar as ordens de bloqueio e continuar a abrir as portas de suas igrejas.

Publicidade

“Precisamos obedecer aos que estão com autoridade. Isso é o que a Bíblia ensina”, disse Graham, 67 anos. “Eu apenas incentivaria os pastores de todo o país a obedecer aos que têm autoridade. E acho que é o que as congregações esperam que façamos “, disse ele, destacando a natureza mortal do Covid-19. Graham acrescentou:” Especialmente para aqueles que têm problemas de saúde subjacentes, isso pode ser uma sentença de morte “.

O evangelista insistiu que as igrejas “não estão fechadas” simplesmente porque mudaram as operações para online. “Acho que mais pessoas estão participando de serviços online do que quando se encontravam pessoalmente”, observou ele.

Publicidade
“Nós apenas precisamos fazer as coisas de maneira diferente”, explicou o pregador. “Precisamos ter cuidado … praticar o distanciamento social é sábio”, disse.

No final de março, o polêmico pastor Rodney Howard-Browne da igreja The River foi preso depois de se recusar a deixar de prestar serviços pessoalmente em sua megaigreja na Flórida. Howard-Browne relutantemente mudou suas reuniões online, depois de ser preso pelo escritório do xerife do condado de Hillsborough sob a acusação de montagem ilegal e violação das regras de saúde e segurança. Apesar das diretrizes da Flórida serem instaladas para o bem da saúde pública, o pastor ainda insiste que as ordens de bloqueio são um assalto ao direito à expressão religiosa.

No domingo de Páscoa, ele dobrou a mensagem: “Não se trata de um vírus. Trata-se de encerrar o evangelho de Jesus Cristo”, ele pregou. “E todos esses pastores que dizem: ‘Bem, devemos apenas rolar e obedecer’, você não entende.”

Os Estados Unidos têm de longe o maior número de casos de coronavírus de qualquer país do mundo; 588.000 infecções confirmadas, com 23.000 mortes.

Publicidade

Falando à Premier no início deste mês sobre a ameaça representada por esta pandemia global, Franklin Graham instou os fiéis a se envolverem em fervorosas orações.

“Precisamos orar porque, no momento, a ciência não tem a resposta”, disse ele. “Acredito que apenas Deus tem a resposta e precisamos voltar os olhos para ele, invocar o nome dele e pedir ajuda”.

*Christian News


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

Destaques do Mês