Conecte-se conosco

Minas Gerais

Idosa de 76 anos é resgatada com vida após ficar 10 dias em grota: “Graças a Deus eu não tive nada de mais”

Publicado

em

Idosa Geralda Malaquias Gercino – Foto: Gilberto Ferreira / divulgação

Uma idosa de 76 anos, presa em uma grota, com água até o pescoço foi resgatada, após ficar dez dias desaparecida.

Dona Geralda Malaquias Gercino foi encontrada por um grupo de moradores da cidade de Curvelo, no interior de Minas Gerais. Segundo esses vizinhos, a dona Geralda foi localizada dentro de um buraco.

Ela não soube explicar para eles como ela chegou lá e também por quanto tempo permaneceu dentro do buraco, mas ela informou que nesse período que esteve dentro dessa grota, tomou muita chuva e inclusive aproveitou essa água da chuva para matar a sede e foi com isso que ela conseguiu sobreviver esse tempo que estava desaparecida.

Publicidade

Desde o dia 13 de fevereiro, a dona Geralda Malaquias estava desaparecida em Curvelo, depois de ter saído para ir a um aniversário e não foi mais vista. Os moradores do bairro dela começaram a procurá-la.

Por causa de um pressentimento uma vizinha que há muitos dias estava em oração pedindo para encontrar dona Geralda, informou para eles que sentia que eles precisavam fazer essas buscas numa região onde fica uma linha de trem.

Um grupo de oito pessoas se dirigiu até o local, começaram a chamar o nome dela e a dona Geralda respondeu. Eles seguiram a voz dela até que chegaram nessa grota, um local de difícil acesso a uma mata fechada, muitos cipós.

Publicidade

Dentro dessa grota, no fundo, estava a dona Geralda segurando um cipó para evitar que ela fosse coberta pela água, já que choveu muito na região. No momento que ela foi resgatada pelos bombeiros, foi encaminhada ao Hospital Imaculada Conceição.

Conforme as pessoas próximas a ela, Geralda teve apenas um ferimento nas nádegas, mas contraiu uma infecção urinária. Ela deve ficar aos cuidados médicos até o início da próxima semana, tomando medicamentos antibióticos.

No hospital, dona Geralda disse que ela se agarrou o tempo todo em sua fé para conseguir sobreviver. “Eu não bebi nem comi. Eu rezei. Graças a Deus eu não tive nada de mais. Eu estou melhorando, pouco, mas estou”, disse a idosa.

Idosa Geralda no hospital

 

Destaques do Mês