Conecte-se conosco

Brasil

Jogador de futebol decide abandonar carreira para virar pastor: “Deus me chamou”

Publicado

em

Nata – Foto: Carlos Velardi /EPTV

O jogador Nata do Inter de Limeira, time do interior de São Paulo, resolveu deixar o futebol para se dedicar à vida pastoral. O jogador que é evangélico, aproveitou a paralisação do futebol paulista para anunciar sua decisão. Segundo ele, trata-se de um chamado de Deus.

Publicidade

– Sou cristão há 16 anos e creio que Deus me chamou para isso. Há alguns anos eu vinha amadurecendo isso. Então, Deus falou comigo, e eu decidi parar, seguir a vida eclesiástica. Sou evangelista aqui na igreja, onde congrego, tenho essa vontade de virar pastor. Então tomei essa decisão de deixar o futebol – disse o jogador ao Globo Esporte.

O volante do time paulista havia anunciado sua saído do futebol aos fiéis em um culto realizado em sua igreja.

Publicidade

– Deixo o futebol neste momento porque, como falei para o pessoal da Inter, queria obedecer a Deus em um momento onde tinha opções ainda, que seria algo que eu estaria abrindo mão de algo que tinha valor para mim, que era o meu sonho como jogador. Porque eu poderia daqui a alguns anos tomar essa decisão, mas seria algo que eu já estaria parando – Disse.

O jogador tinha contrato com a Inter de Limeira até o final desde ano. Sua última participação em um jogo oficial pelo time foi em 14 de março, no empate em 0 a 0 com o Palmeiras, quando atuou os 30 minutos finais do segundo tempo.

– Tinha contrato com a Inter até o fim do ano, e a possibilidade de dar continuidade depois, mas abri mão de tudo isso porque aquilo que eu creio, que eu prego, vejo como algo mais importante que o futebol, que foi o meu sonho de criança – Disse ele.

Publicidade

O jogador ajudou a equipe do interior a chegar na primeira divisão do campeonato paulista. Antes da Inter de Limeira, Nata havia passado em três times brasileiros, Guarani, América/RN e Botafogo/PB. Ele agradeceu seu time, onde também foi revelado, pela oportunidade de ter marcado três gols em 30 jogos disputados pelo time.

– Estou muito feliz. Deus cuidou, fui abençoado, consegui conquistar algumas coisas no futebol e, com o recurso do futebol, consegui conquistar coisas materiais também. Ganhei alguns títulos durante a carreira, tive momentos bons, momentos ruins, só que onde comecei, Deus me deu a honra de terminar, que foi na Inter, sou limeirense – Disse.

 

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!

Publicidade

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês