Conecte-se conosco

Jovem que foi abusado na infância testemunha como se livrou de trauma: “Eu decidi seguir a Cristo”

Publicado

em

Emanuel Spinelli na infância e ele atualmente – Foto Reprodução

Um jovem que foi abusado sexualmente na infância está testemunhando o que Jesus Cristo tem feito na sua vida. Segundo ele, Deus o ajudou na retomada da alegria e principalmente na superação do trauma que parecia nunca ter fim.

Emanuel Spinelli tem 25 anos e mora em Campos Sales, na região Sul do Ceará. Ele resolveu contar seu testemunho nas redes sociais na expectativa de alcançar pessoas, e assim, revelar o quão Deus é perfeito na vida de quem é fiel. Além disso, crê que que seu testemunho levará as pessoas a acreditarem que o Senhor salva, cura, liberta e batiza com o Espírito Santo.

“Não tenho vergonha de dizer o que aconteceu, aliás, minha história alcançará muitas vidas! Tenho orgulho de dizer que para honra e Glória do Senhor Jesus, superei traumas e diversas coisas, hoje livre de tudo, passarei a apregoar nos quatro cantos da terra que Deus salva, cura, liberta e batiza com o Espírito Santo! Decidi deixar que a voz de Deus ecoasse e falasse mais alto dentro do meu coração”, diz.

Publicidade

Traumas da infância

Tudo começou quando Emanuel tinha 8 anos de idade. Ele começou a ser abusado sexualmente por um vizinho, que por sua vez era uma pessoa de confiança dos seus pais. O fato ocorreu diversas vezes dentro da sua própria casa, mas nenhum familiar nunca percebeu nada. Ele conta que teve que conviver com isso por muitos anos.

“Encarei as angústias e o medo. E o pior, o risco de ficar traumatizado pelo resto da minha vida. À luz da Psicologia e das demais ciências auxiliares, alguém que foi abusado sexualmente precisa de acompanhamento, e eu não tive nenhum. Poderia ter ficado depressivo, ou sofrido de outros males da alma”, disse ele.

Os abusos cometidos pelo vizinho deixou marcas negativas no jovem. Segundo ele, foi a “pior sensação que alguém pode ter na vida, porque além da imensa dor no corpo e na alma, o abusado fica com vários pontos de interrogação na mente, do tipo: ‘quem eu sou, por qual motivo isso tudo me aconteceu? Deus realmente existe?'”.

Publicidade

“Além desses questionamentos, vem a auto rejeição e a baixa autoestima. O abusado não se aceita, o que é a pior coisa, pois por causa disso nos isolamos, criamos nosso próprio mundo. Vivendo em sociedade mas sentindo-se sempre sozinho. Desconfiando de tudo e de todos, construindo muros de proteção entre você e os outros. Vive cheio de mágoa, do ódio, da angústias, o que na verdade é um inferno”, relata.

Emanuel Spinelli aos 25 anos – Foto Reprodução

O início da mudança; ele encontrou Jesus Cristo

O jovem conta que ele poderia ter ficado depressivo, ou sofrido de outros males da alma por exemplo, mas conheceu alguém que mudou seu viver e que foi o seu Psicólogo dos Psicólogos, Jesus Cristo. Seu relato ajudará as pessoas a se livrarem de um problema através de uma busca incansável e verdadeira por Cristo.

“Convivemos com muitas pessoas traumatizadas, mas a robotização e as máscaras que elas usam não nos deixam enxergar isso! Por isso, eu sei de onde vim, sei de onde Deus me tirou. Ele acessou cada cômodo da minha alma, passou seu bálsamo que cura e restaura!”, conta.

Logo após conhecer Jesus e ter entregado sua vida à Ele, Emanuel tem presenciado um agir tão grande especial por parte d’Ele.

“Hoje não sou prisioneiro de mim mesmo, sou livre! Seu amor por mim lançou fora todo medo, sou feliz! Hoje carrego dentro de mim um pouco da essência do Eterno, e onde for, onde eu pisar, saberão que Deus é o maior agente de transformação”, testemunha.

Publicidade

“Quando eu decidi seguir a Cristo, fazer parte de uma Instituição Religiosa, ouvi várias coisas, como: ‘é fogo de palha, logo logo sairá da Igreja!’. Passaram-se os anos, hoje me vejo firme nos caminhos de Deus. Nada do que falaram sobre mim foi suficiente para me desmotivar na caminhada! O que poucos sabem é que a melhor escolha que eu fiz na vida foi essa! Sei que pelo que passei, se eu não estivesse nos caminhos de Deus, nem existiria mais. O bom disso tudo é que Deus tinha uma obra, e encontrou em mim espaço para realizá-la”, conclui.

Alerta aos pais

Hoje, as 25 anos, Emanuel Spinelli é casado com a maquiadora Thays Araújo e trabalha como Auxiliar Administrativo na Prefeitura da cidade onde mora. Ele congrega na Assembleia de Deus Templo Central e sempre quando há oportunidades, visitas igrejas da região para falar sobre temas como: ‘Cura da Alma’, ‘Resgatando a Identidade’ e ‘Liberte-se dos Traumas’.

Ele tem aproveitado a oportunidade para alertar os pais de crianças quanto aos perigosos de abusos que elas possam sofrer dentro de seus lares. Para ele os pais tem os devidos papéis de procurar observar e entender seus filhos.

“Sendo sempre vigilantes e cuidadosos quanto a eles. Repassem para os seus filhos segurança, e que além de Pais, seus filhos encontrem em vocês verdadeiros amigos”, disse.

“Os abusadores nem sempre são estranhos, eles estão mais perto do que se possa imaginar! Por isso, muito cuidado com seus filhos, antes de dar um celular, ou um tablet, tenha a certeza que deram antes seu amor, sua amizade, sua proteção, sua confiança”, finaliza.

Emanuel Spinelli é casado com a maquiadora Thays Araújo – Foto Reprodução

 

Publicidade

Destaques do Mês