Pastor afirma que Fabiana Anastácio não foi para céu e critica cantoras atuais

"Morreu no erro, no pecado e na vaidade", alegou o líder religioso

Foto: Reprodução

Um vídeo que circula na plataforma do YouTube vem chamando a atenção de fiéis, principalmente admiradores da cantora Fabiana Anastácio. Um pastor de Belém afirma que a artista, que morreu no início do mês de junho, não foi para o céu e cita vários motivos. O vídeo tem causado discussões na internet e a fala do pastor soou negativamente entre os evangélicos.

O vídeo de aproximadamente sete minutos foi gravado pelo pastor Wagner da Igreja Arca de Deus dos Últimos Dias em Belém/PA e publicado no canal da igreja. Após a repercussão, o canal tirou o vídeo do ar, mas o conteúdo havia sido compartilhado por outros canais na plataforma. O pastor Wagner começa o vídeo dizendo que queria trazer uma “exortação” aos líderes evangélicos que usam o YouTube para dizer heresias. Ele cita alguns versículos para exemplificar algumas passagens de como um líder deveria se comportar e logo em seguida o pastor critica um líder de uma igreja de Belo Horizonte que havia publicado um vídeo supostamente afirmando que Fabiana Anastácia estaria no céu. A cantora faleceu em 04 de junho, aos 45 anos em São Paulo.

 

Leia Mais:

+Carreata da Solidariedade reúne 10 mil carros e arrecada 100 toneladas de alimentos

+Jovem viraliza cantando gospel na barbearia em que trabalha

+Yudi Tamashiro diz que evita fazer sexo, após conversão: “Deus vive dentro de mim”

 

– Homens que se intitulam homens de Deus e até mesmo o pastor Júlio César da Igreja Santidade e Arrependimento, outrora o conhecia pregando o evangelho e me decepcionei com um vídeo onde ele disse que Fabiana Anastácio está no céu. Ele está indo contra a palavra de Deus, porque a palavra de Deus diz que sem santidade e santificação ninguém verá o Senhor – Disse o pastor.

Segundo o pastor Wagner, Fabiana Anastácio se corrompeu, além disso, ela “morreu no pecado e na vaidade”. Ele ainda cita as cantoras Damares, Elaine Martins, Shirley Carvalhaes e Lauriete para dizer que assim como Anastácio, todas estão corrompidas. Segundo o pastor, Deus não recebe ninguém no céu e não se agrada das pessoas que “mudam sua natureza através da pintura do cabelo, da pintura das unhas com esmalte e o uso de colares e brincos”.

– Infelizmente morreu nesta semana e morreu no erro, no pecado e na vaidade. Morreu pintando seu corpo, pintando seu cabelo, transgredindo a lei do Espírito Santo, danificando o templo de Deus que é o nosso corpo, a nossa morada. Infelizmente a irmã morreu neste tempo de pecado e neste mundo enganoso onde satanás, o deus desta época, cegou o entendimento do homem. Muito tem sido enganado por satanás. E agora, infelizmente a alma da irmã está no inferno. Esta é a realidade, queimando porque desobedeceu a Deus. Ela conhecia a palavra, mas preferiu dar ouvidos aos homens – Disse o pastor.

O pastor continua o vídeo citando versículos da bíblia e afirmando que a cantora morreu devidos aos seus “pecados”. Além disso, ele orienta pastores e líderes cristãos a deixarem de pregar heresias e começarem a pregar a doutrina do evangelho de Deus. Após a repercussão do caso, o pastor Júlio César citado pelo pastor Wagner, publicou um vídeo a qual rebate a fala do pastor.

– Não podemos saber o íntimo da Fabiana Anastácio no hospital. Isso é um absurdo dizer que ela está no inferno. Não devemos julgar. Eu lamento. Não devemos julgar esse fato de condenação, isso pertence só ao Senhor. Quem condena hoje são os religiosos. Na hora da tristeza dela no leito, ela estava falando com Jesus, quem sabe que neste momento um anjo falou com ela, ninguém sabe. Não podemos condenar a irmã, isso é um absurdo! Espero que Deus tenha salvado a vida dela, que Deus console a família. Não devemos julgar antes do tempo – Disse o pastor Júlio César.

Nesta segunda-feira (15), o pastor Wagner voltou a publicar outro vídeo replicando o pastor Júlio César e o chamando de “Filho do diabo”. Já a noite, ele postou outro vídeo dizendo que apagou o vídeo anterior e que foi tocado por Deus a pedir perdão ao pastor Júlio por ter lhe chamado de ‘Filho do diabo’. “Quem sou eu para se levantar contra um homem de Deus, até mesmo contra a irmã Fabiana Anastácio. Tomara que ela tenha se arrependido no leito do hospital. Somos falhos e pecadores. Eu queria pedir perdão ao pastor Júlio César”, disse Wagner sem tocar no assunto do vídeo em que ele disse que a cantora estaria no inferno.

 

Irmão de Fabiana critica fala de pastor

Em nota ao Gospel Minas, um dos irmãos da cantora Fabiana Anastácio, Felipe Anastácio, criticou a afirmação do pastor Wagner e questionou o líder religioso em qual parte da bíblia, há a orientação de julgar os outros.

– Como é que alguém pode dizer que outra pessoa foi pro céu ou para o inferno? Onde ele achou escrito que Deus nos deu esse poder de julgar, ainda mais no que ele se baseou, ao falar da maquiagem e corte de cabelo. Então, essas coisas eu nem assisto, só vi porque me enviaram. Mas, não costumo dar atenção pra esses chamados cristãos que na verdade não passam de idiotas. Infelizmente, o YouTube não faz uma classificação, então qualquer um que tem um canal, fala o que quer! – Disse Felipe, irmão da cantora.

Centenas de pessoas criticaram a postura o pastor Wagner e muitos duvidaram do propósito dele aqui na Terra.

 

Assista:

 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.