Conecte-se conosco

Artigos

Pastor Antônio Júnior: Igrejas cancelando cultos. Será um sinal do fim dos tempos?

Publicado

em

Pastor Antônio Júnior: Igrejas cancelando cultos. Será um sinal do fim dos tempos?

Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia o novo coronavírus, o Covid-19 em 11 de março de 2020. Isso significa que quando um grande surto que afeta uma região se espalha para outros continentes com transmissão de pessoa para pessoa.

Publicidade

Atualmente, foram confirmadas mais de 200 mil casos da doença em todo o mundo, com 8 mil óbitos. Na tentativa do Ministério da Saúde do Brasil de diminuir a propagação do vírus nas cidades brasileiras, todos os eventos que reúnem pessoas devem ser adiados ou cancelados. Diante disso milhares de igrejas fecharam as portas e os frequentadores estão ficando em casa.

O pastor Antônio Júnior, falou sobre o assunto acima e explicou se seria o fim dos tempos com a chegada do vírus ao mundo e os cancelamentos dos cultos.

Publicidade

Ele disse que as igrejas que estão fechando as portas por recomendações médicas e públicas, não estão cometendo nenhum pecado, pelo contrário, o novo vírus tem colocado a vida das pessoas em risco, principalmente os grupos mais vulneráveis e suscetíveis, como os idosos e as pessoas e as pessoas diabéticas e hipertensas, e o adiamento ou o cancelamento dos cultos é a coisa mais sensata a se fazer neste momento.

Para ele muitas pessoas estão revoltadas achando que os fechamos das igrejas são para enfraquecer a fé delas, onde elas não podem mais adorar e clamar ao Senhor, como se a igreja fisicamente fosse o único caminho para se chegar até Jesus.

Porque as igrejas precisam fechar as portas se Deus está protegendo contra qualquer mal?

Publicidade

O pastor Antônio Júnior diz que por questões lógicas, o coronavírus não é mais forte que Deus e também nenhum outro mal ou doenças. Ele explicou que os cristãos, mesmo tendo fé e seguindo os caminhos de Deus, eles não estão imunes, pois a bíblia é clara ao dizer que os filhos de Deus terão aflições. Cada um será afetado com doenças, e o Covid-19 pode ser uma delas. O pastor lembrou que o corpo de um ser humano é frágil e que tudo que te atinge é válido, ele citou a passagem bíblia em Salmos 103:15-16 para justificar sua mensagem.

“Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce. Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.”

O pastor então citou um caso de uma igreja no norte da França que ignorou as recomendações do governo e realizou um culto com mais de 2 mil pessoas entre eles 300 crianças na última semana de fevereiro e que foi fundamental para espalhar o vírus na região.

“Isso é muito grave, para não dizer irresponsável”, disse o pastor. “Nós não podemos fazer o mesmo aqui no Brasil, por isso não vamos colocar Deus a prova, dizendo que na igreja não pode aconteceu nenhum tipo de contágio. Se fosse assim, templos não seriam destruídos por terremotos, incêndios ou ataques terroristas.”, disse ele que se lembrou da resposta que Jesus deu quando satanás mandou Jesus se lançasse do precipito esperando o socorro dos anjos. A passagem bíblica esta em Mateus: 4:7.

Segundo o pastor, Deus está cuidando de todos os cristãos. Independente do que acontecerem com elas, elas estarão sempre nos braços do Senhor. Além disso, o pastor lembrou que a igreja de Cristo não são os prédios e os templos, e sim as pessoas que participam dela. Segundo o pastor, não é porque o líder decidiu respeitar as recomendações das autoridades e suspender as atividades da igreja, que a pessoas tem que deixar de prestar culto, pois elas mesmas podem e devem orar, cantar e entrar na presença de Deus em suas devidas casas juntamente com a família e amigos.

Publicidade

 Será um sinal do fim dos tempos?

O pastor respondeu a pergunta dizendo que as doenças são sinais da vinda de Jesus Cristo, mas que não há como comprovar se são provenientes das aberturas dos selos conforme o livro de Apocalipse relata. Mas segundo o pastor, o coronavírus é apenas um lembrete que Deus está dando para que as pessoas se arrependam, entreguem suas vidas a Jesus enquanto há tempo. Ele disse ainda, que as pessoas devem tomar cuidado, reconhecer que elas necessitam da misericórdia do Deus Vivo e clamar pelas pessoas que ainda estão “cegas” espiritualmente, porque segundo Antônio Júnior, essas pessoas precisam saber dos sinais do fim dos tempos e consequentemente voltar ao Senhor.

Ao final de sua mensagem, o pastor alertou os cristãos a não se deixarem levar por comentários de pessoas “insensatas” que estão mandando as pessoas comparecerem aos templos. Para ele, as pessoas precisam ser prudentes e usar a mente, pois através dela que o Espírito Santo de Deus vai orientar a tomar as decisões corretas.

Pastor Antônio Júnior: Igrejas cancelando cultos. Será um sinal do fim dos tempos?

Foto: Reprodução

 

Destaques do Mês