Pedestre quase é atingido por carro em calçada: “Foi a mão de Deus”

Câmeras de segurança registraram o momento do acidente, que envolveu um carro e uma viatura da Guarda Municipal de Cascavel no PR

Jean só lembra que fechou os olhos e não recorda de ter saído da frente da viatura, como câmera revelou – Foto: Reprodução

“Foi a mão de Deus que me tirou”. Assim acredita Jean Alves, de 25 anos, que quase foi atingido por dois carros na cidade de Cascavel, no oeste do Paraná. Ele escapou por pouco de ser atropelado após os carros baterem e invadirem a calçada onde ele andava. Após o acontecimento, Jean falou sobre o “quase acidente” e contou de onde veio o livramento.

+ Nasce Emiliana, filha do cantor Thalles Roberto e Daniela Campos

– Eu vi os dois veículos antes da batida e cheguei a pensar em fazer sinal para eles, mas não deu tempo. Quando eles bateram em fechei os olhos. Foi a mão de Deus que me tirou. Em momento algum eu lembro de ter pulado – Conta.

– Eu pensei que ia morrer e deixar meu filho. Pensei na minha família. É um filme que passa. O que eu senti ali no momento foi um frio, algo estranho. Não tem explicação. Eu nasci de novo – Disse Jean Alves.

+ Malafaia pede boicote à Natura após escolher Thammy Miranda para campanha do Dia dos Pais

Câmeras de segurança registraram o momento do acidente, que envolveu um carro e uma viatura da Guarda Municipal. Jean foi atingido por uma peça de um dos carros, que se soltou durante a batida, mas, recebeu atendimento no UPA e liberado em seguida.

A viatura estava em deslocamento para atender a uma ocorrência de violência doméstica em que, segundo a vítima, o agressor estava dentro da casa. Os dois guardas que estavam na viatura e o motorista do carro atingido tiveram ferimentos leves e encaminhados a UPAs da região.

 


Siga o Gospel Minas no Google News


 

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.