Conecte-se conosco

Sobrevivente de queda de avião se aproxima de Deus após tragédia: “Aprendi o valor da fé”

Publicado

em

Kechi Okwuchi sobreviveu a uma queda de avião em 2005 na Nigéria – Foto: Daily Word

Nascida e criada na Nigéria, Kechi Okwuchi, sempre teve a música como um passatempo muito importante em sua vida. De tal forma que cantar se transformou em uma terapia após um dia trágico em 2005. Ela estava em um voo junto com 60 de seus colegas de classe da Loyola Jesuit College, na Nigéria, quando então algo deu errado.

Publicidade

Na tarde de 10 de dezembro de 2005, o voo 1145 da Sosoliso Airlines partiu de Abuja com destino à cidade nigeriana de Port Harcourt. Transportando 109 pessoas, fez uma aterrissagem forçada no Aeroporto Internacional de Port Harcourt. Mas o avião bateu no chão, provocando assim uma grande explosão.

“Quinze minutos para o final do voo, o piloto anunciou que pousaríamos em breve no aeroporto de Port Harcourt. Eu estava sentado em uma cadeira no corredor ao lado da minha amiga Toke. De repente, tudo parecia diferente. Estávamos descendo rápido demais.”

Publicidade

“Alguém gritou atrás: ‘Este avião está tentando pousar?’ Virei-me para minha amiga e ficamos de mãos dadas. Eu perguntei a ela: ‘o que acha de orar?’. Mas antes que pudéssemos começar, houve um som alto e a próxima coisa que me lembro foi de acordar no Hospital Milpark, na África do Sul. Até hoje não me lembro do impacto real do acidente”, disse Kechi ao Daily Word.

Após o acidente, sete sobreviventes foram resgatados e levados para hospitais, mas apenas duas pessoas sobreviveram. Entre elas está Kechi, que sofreu queimaduras em mais de 65% de seu corpo.

ENCONTRANDO A FÉ EM DEUS

Kechi passou os próximos sete meses no hospital, com a maior parte desse tempo na UTI e passou por mais de 100 cirurgias. Ela acredita que sua fé, família, amigos e a música foram os maiores incentivos para que pudesse mantê-la viva.

Publicidade

Antes da queda do avião, Kechi conhecia Deus através da fé de sua mãe. Ela via Deus como alguém que deve ser respeitado e temido. Mas durante sua internação no hospital, ela desenvolveu seu próprio relacionamento pessoal com o Senhor.

“Na verdade, não há nada como a oração. Isso fortalece a fé e te dá coragem. Acalma você quando as coisas ficam realmente difíceis de lidar. Se há uma coisa que aprendi com essa experiência, é o valor da fé”, disse Kechi.

Em 2007, ela foi para os Estados Unidos para fazer uma cirurgia reconstrutiva. E, mais tarde, se matriculou na Universidade de St. Thomas, onde se formou em 2015 com Summa cum Laude. Que é uma menção honrosa destinada aos graduados que apresentam média superior a 9,5. Dessa forma, compartilhou algumas palavras em seu discurso de formatura:

“Siga em frente. Qualquer obstáculo que você acha que está te bloqueando pode ser superado. Não importa quem você seja e onde você esteja, sempre encontrará obstáculos. Nunca desista. Alguém, em algum lugar, está passando pela mesma coisa, ou pior. Mais tarde, você olhará para trás e verá como foi capaz de sobreviver e vai encontrar a confiança para superar qualquer desafio no futuro”.

UM PERCURSO INCRÍVEL

A vida de Kechi continua sendo um percurso incrível. Pois hoje, ela está fazendo pós-graduação de gestão e administração. No entanto, cantar continua sendo uma paixão.

Publicidade

Sem que ela soubesse, um amigo a inscreveu para uma audição para a temporada de 2017 do America’s Got Talent. Quando os produtores ligaram para dizer que estavam interessados, ela aceitou. Porque sua fé em Deus e seu otimismo se transformou quaisquer “porquês” em “por que não!”.

Imagens de Kechi Okwuchi antes e depois da queda de avião na Nigéria – Foto: Daily Word

E em suas palavras de incentivo, ela afirma:

“Siga em frente. Qualquer obstáculo que você acha que está te bloqueando pode ser superado. Não importa quem você seja e onde você esteja, sempre encontrará obstáculos. Nunca desista. Alguém, em algum lugar, está passando pela mesma coisa, ou pior. Mais tarde, você olhará para trás e verá como foi capaz de sobreviver e vai encontrar a confiança para superar qualquer desafio no futuro”.

Destaques do Mês