Conecte-se conosco

Brasil

VÍDEO: grávida, mãe usa o próprio corpo para proteger filho de tiro em assalto

Publicado

em

Mãe usa o próprio corpo para proteger filho de tiro em assalto – Foto: Reprodução/Rede Globo

Uma mãe grávida usou o próprio corpo como escudo para proteger o outro filho, de quatro anos. Na hora do perigo, o instinto materno falou mais alto. O fato aconteceu na última semana, em Ceilândia, no DF.

Publicidade

O movimento na lanchonete era tranquilo, na imagem da câmera de segurança [veja vídeo no final da matéria], dá pra ver a Rafaela de mãos dadas com o filho Nicolas, de quatro anos.

“Eu acredito que a mãe, ela faz loucura para poder proteger, para poder guardar. Era um dia normal, estava cumprindo a rotina do dia. A gente vai pra igreja, meu esposo marcou de encontrar alguns amigos e daí a gente foi pra essa lanchonete. A gente até tinha acabado de lanchar e aí foi meio período que aconteceu”, disse a mãe Rafaela Dantas.

Publicidade

Dois assaltantes chegam e um deles armado tenta roubar o celular de um cliente, mas a vítima reage. Se vê depois, são momentos de desespero. De um lado, um dos bandidos luta com o homem. O outro assaltante aponta a arma para os clientes e atira. A reação da Rafaela é imediata. Ela se joga no chão e usa o corpo para proteger o filho. Um não. Dois. Rafaela está grávida de seis meses.

“Na minha mente só veio que ele estava armado, né? E que ele ia atirar como eu não não conseguiria correr, foi pra frente, nem pra fora da lanchonete, eu só puxei ele pro chão e fiz o corpo de escudo pra poder que era a única forma que eu enxerguei naquele momento de proteger ele”, conta.

De outro ângulo, a gente vê a reação de mais duas mulheres, uma perde o bebê. A outra consegue levar um menino para longe da confusão. Em um dos momentos, o bandido tropeça em Rafaela para roubar um celular na mesa.

Publicidade

“É algo muito, muito rápido e é já vem da mãe mesmo. pensa duas vezes em proteger o filho, né? Acaba não medindo as consequência do que pode acontecer com a gente”, disse a mãe.

Ninguém ficou ferido, os dois bandidos foram presos. De acordo com o delegado, a atitude da mãe diminuiu a chance do filho ser atingido por um disparo

No caso da mãe que se joga com o filho, ela fez o certo, porque ao se jogar no chão, ela diminui a massa onde uma bala perdida pode atingir.

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês