Conecte-se conosco

Gospel

Banda Azul se apresenta hoje na Metodista Central de BH

Publicado

em

A Banda Azul está retornando às suas atividades depois de 16 anos.

Durante esse periodo, de 1994 até hoje, o grupo fez aparições esporádicas. Mas agora está voltando pra valer. O primeiro compromisso oficial que marcará esse retorno é a reunião da Cidade Voadora que vai acontecer dia 16.04 (segunda-feira) as 20 horas na Igreja Metodista Central na rua Tupis, 51, ao lado do Othon Pálace Hotel, Centro, Belo Horizonte.
 


Para marcar essa data, muito importante para a Banda, os integrantes vão conceder entrevista para a mídia local no mesmo endereço. 


A Banda Azul nasceu em 1986 quando o capixaba Janires Magalhães Manso, fundador do grupo Rebanhão, então morando no Rio de Janeiro, deixou o grupo e mudou-se para Belo Horizonte, em 1984. Na capital mineira, Janires e os amigos Eduardo Santos (Du Guita), Eduardo Costa (Dudu Batera), Moisés di Souza (baixo), e Guilherme Praxedes (teclados) formaram o novo grupo, inicialmente conhecido como banda MPC (Mocidade Para Cristo), depois chamado Banda Azul. 


O primeiro disco, “Espelho nos Olhos”,  foi gravado em 1987. Pouco depois da gravação desse trabalho, a banda perdeu Janires em um acidente de ônibus em janeiro  de 1988. O tecladista Gui Praxedes assumiu o vocal. Apesar do baque causado pela perda de Janires, a banda continuou a fazer  sua música cristã revolucionária, para época,  e lançaram o disco no Palácio das Artes em 31 de maio de 1988.


Em pouco tempo a Banda Azul ficou famosa em todo o Brasil e também no exterior. Em 1989 se apresentou na Bolívia e chegou a gravar um programa especial para a rede de tv Educativa de Cochabamba, além de realizaram shows em La Paz e Santa Cruz de La Sierra. Ainda em 1989 gravou o segundo LP, “Fim do Túnel”. A banda chegou a cantar em grandes eventos cristãos reunindo milhares de jovens, uma novidade para a época. 


Em 1994 a Banda Azul encerrou suas atividades mas depois disso seus integrantes chegaram a se reunir várias vezes em ocasiões especiais, uma delas no evento Mixtocrente, em 2000, no Expominas. As últimas aparições esporádicas do grupo foram em 2010, na Igreja Batista da Lagoinha, e mais recentemente, em janeiro de 2012, na Temporada de Verão da MPC- Mocidade para Cristo, como parte das comemorações do aniversário de Janires Manso, primeiro vocalista da banda. O produtor musical Ruben di Souza, irmão de Moisés, também integrou a banda mas hoje ambos desenvolvem outros ministérios. 


Agora em 2012 a Banda resolveu voltar à estrada. Com nova formação, mas capitaneada por dois integrantes da formação original, Dudu Batera e Du Guita. O vocalista Gui Praxedes, que é a atual voz da banda Dib Six, cedeu a posição para outro capixaba, Ezequias Filho. O sangue novo vem nas veias de mais um Eduardo, o Edu Matheus, guitarrista, filho de Du Guita e com outro jovem talento, o baixista Nehemias, contratado pela banda.  


Repertório novo, “pegada”  moderna e algumas releituras de pérolas do passado como “Baião”,  criam uma expectativa toda especial para esse retorno –  um misto de curiosidade e saudade. E o grupo promete não decepcionar nem quem já os conhece nem  à nova geração onde alguns apenas ouviram falar  deles. Outros, nem isso. É aguardar e conferir. Bem-vinda, Banda Azul! Os amantes da boa música cristã brasileira agradecem e festejam o retorno de vocês. 


Assessoria de imprensa
por Cleris Cardoso

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês

Você não pode copiar o conteúdo desta página