Conecte-se conosco

Gospel

Bilionário afirma que Deus é o segredo de seu sucesso

Publicado

em

As lojas Hobby Lobby são parte de uma cadeia de varejo que
soma 500 lojas de artesanato e artes em 41 estados norte-amercianos.

Seu
diferencial é que são liderados por uma família cristã. Fundada em uma garagem
na cidade de Oklahoma, em 1972, a família Green só começou a Hobby Lobby depois
de conseguir um empréstimo para abrir a sua primeira loja.

Green disse que sentia como um estranho ao entrar em varejo,
pois seus pais eram pastores e ele cresceu achando que seria um também. No
entanto, ele acredita que encontrou uma maneira de exercer seu ministério por
meio de sua empresa.

“A Hobby Lobby sempre foi uma ferramenta para o trabalho do
Senhor. Para mim e minha família, contribuir é igual a ministério, que é igual
ao Evangelho de Jesus Cristo”, disse o CEO e fundador da empresa, David Green.
“Nós sabemos que temos sido abençoados pela graça de Deus e acredito que é
porque nós escolhemos viver nossas vidas e para operar nossos negócios de
acordo com a Sua Palavra e nós somos muito gratos por isso”.

Na verdade, David Green insiste que Deus é o verdadeiro dono
dos bilhões de dólares que a família possui. Atuando como um bom discípulo,
Green se tornou o maior benfeitor evangélico do mundo, com planos de fazer
doações sem precedentes quando seu testamento for aberto.

Perguntado pela revista Forbes sobre os segredos para o
crescimento de sua empresa, o empresário de 70 anos de idade, evita qualquer
crédito pessoal. Ele também não elogia seus executivos ou seus mais de 22.000
empregados, nem mesmo seus clientes, que vão consumir mais de US$ 3 bilhões em
produtos de artesanato somente este ano. “Se você tem alguma coisa ou se eu
tenho alguma coisa, é porque nos foi dada por nosso Criador”, diz Green.

“Então, desde o início eu aprendi a dizer: ‘Olha, isso é
seu, Deus. É todo seu. Eu vou dar a você”.

Ele deve saber do que está falando, afinal está em 79 º lugar
na nossa lista dos 400 americanos mais ricos, com um patrimônio pessoal
estimado de US$ 4,5 bilhões. Mas o que poucos sabem é que ele atualmente é o
maior doador individual para causas evangélicas dos Estados Unidos e
provavelmente um dos 3 maiores do mundo.

“Só sei que Deus é o dono”, explica Green. ”Como faço para
separar as coisas? Bem, é de Deus na igreja e é meu aqui? Eu tenho um propósito
na igreja, mas eu não tenho um propósito aqui? Você não pode ter um sistema de
crença no domingo e não vivê-lo durante os outros seis dias da semana.”,
ensina.

Há muito poucos membros entre o ranking dos 400 da Forbes
que falam sobre religião e trabalho. Green explica que seu “império” é uma
grande organização missionária, o equivalente ao maior bazar de igreja do
mundo. A cadeia Hobby Lobby investe quase metade do total de seus lucros em uma
longa lista de ministérios evangélicos. Embora não divulgue o montante doado, a
Forbes estima que ao longo de sua vida ele já doou mais de 500 milhões de
dólares.

A riqueza da família Green sustenta dezenas de igrejas e
universidades cristãs. Tudo começou em 1999, quando ele comprou o edifício de
um antigo hospital na cidade de Little Rock, Arkansas, por US$ 600.000,
reformou e doou para uma igreja. Desde então, comprou mais de 50 propriedades a
um custo estimado de 300 milhões de dólares. Mas não é qualquer ministério que
ele ajuda.

Ele contata constantemente a igreja ou projeto cristão que
lhe procura, e só preenche os cheques após uma cuidadosa verificação
doutrinária, que inclui perguntas sobre o nascimento virginal de Cristo. Até
mesmo o conhecido pastor Rick Warren precisou passar pelo crivo pessoal de
Green antes de receber uma propriedade de 170 hectares em agosto passado, que a
igreja Saddleback usará como local de retiros.

A influência de Green, no entanto, é mais sentida nos
investimentos nas universidades cristãs em todo o país que vem sofrendo com a
crise financeira e teológica que os Estados Unidos atravessam nos últimos anos.
A oferta mais vultuosa foi  de US$ 70
milhões em 2007 para a Oral Robert, considerada por ele uma “universidade
saudável.”

GospelPrime
Traduzido da Forbes

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Destaques do Mês