Conecte-se conosco

Mundo

Cientista diz que novo telescópio da Nasa revela “a glória de Deus”

Publicado

em

Imagem da Nebulosa de Carina captada pelo Telescópio James Webb da NASA – (crédito: NASA, ESA, CSA and STScI)

Líderes cristãos dizem que as imagens do universo tiradas pelo Telescópio Espacial James Webb, da NASA, a agência espacial americana, mostram o “poder” e a “majestade” de Deus.

Rob Webb, engenheiro aeroespacial da Answers in Genesis e ex-funcionário da NASA, opinou durante uma sessão ao vivo no Facebook.

“É por isso que queremos estudar, os céus, para que possamos observar a incrível glória de nosso Deus”, disse Rob.

As divulgações das primeiras imagens do telescópio foram realizadas em uma entrevista coletiva na NASA.

Nebulosa do Anel Sul vista pelo Telescópio James Webb (Foto: NASA, ESA, CSA e STScI)

Informações garantem que o telescópio em questão é mais poderoso que o Telescópio Espacial Hubble, lançado na década de 1990, e é também capaz de registrar imagens jamais vistas pelo olho humano.

No entanto, os cientistas não o chamam de “substituto” para Hubble, mas sim de sucessor. Vale lembrar que Hubble gravou imagens em luz ótica. Já o telescópio James Webb, registrará imagens no espectro infravermelho. De acordo com a Nasa, objetos distantes estão localizados nesse último espectro.

Dentre tantas imagens divulgadas pela NASA, uma em especial, estava surpreendente. Estamos falando do aglomerado de galáxias SMACS 0723, demonstrando muitas galáxias em um pequeno quadro.

A imagem inclui os “objetos mais fracos já observados no infravermelho”, disse a NASA.

“As imagens incríveis continuam a mostrar as obras incríveis de nosso incrível Deus, de nosso incrível criador”, disse Webb.

Rob Webb tem uma visão diferente da Nasa, e ele reconhece isso. Afinal, em um comunicado oficial à imprensa, a NASA afirmou que a imagem mostra como era um aglomerado de galáxias “um bilhão de anos após o big bang”.

“Os cristãos devem abraçar a astronomia mesmo que discordem da visão de mundo secular dominante”, enfatizou Webb.

“Deus criou os céus e a terra – vamos nos lembrar de basear todo o nosso pensamento, desde o início, em Gênesis 1:1 sem compromisso”, disse ele.

Quinteto de Stephan flagrado pelo James Webb (Foto: NASA, ESA, CSA e STScI)

O tamanho do universo, “apenas mostra o incrível poder do nosso incrível Deus” continua Webb.

Rob citou ainda o Salmo 19:1 , que diz: “Os céus proclamam a glória de Deus; os céus proclamam a obra de suas mãos”.

Publicidade

Destaques do Mês