Conecte-se conosco

Gospel

Filmes cristãos se tornam os mais rentáveis, aponta relatório

Publicado

em

Qual é uma boa receita para um filme ter sucesso de bilheteria e de vendas em DVD? Ao que parece, em 2011 ficou consolidada a força de material com mensagens positivas e de fé, especialmente os cristãos.


De acordo com um estudo anual, realizado pelo grupo Movieguide, com foco em entretenimento, em 2011, o público preferiu filmes com conteúdo positivo e valores conservadores numa proporção quase seis vezes maior que os filmes “liberais”.


O relatório com 760 páginas afirma que os filmes com uma tendência conservadora e/ou patriótica como “Capitão América”, “Missão Impossível: Protocolo Fantasma”, “Soul Surfer”,” Transformers: O Lado Escuro da Lua “e “Batalha em Los Angeles” arrecadaram significativamente mais dinheiro que filmes considerados liberais, como “Red State”,”Super 8″,”J. Edgar”,”Glee” e “Tudo Pelo Poder”.


“As pessoas querem ver o bem vencer o mal, a justiça prevalecer sobre a injustiça e a liberdade estar acima da tirania. Elas respondem melhor a fortes heróis e heroínas e são se interessam mais tanto por histórias sem um sentido definido”, disse Ted Baehr, coordenador do relatório da Movieguide.


Ele explica que a empresa classifica os filmes de várias maneiras, como, por exemplo, “conteúdo anticomunista”, “forte moralidade bíblica” e “forte conteúdo pró-capitalista”.


O estudo também afirmou que os filmes com uma visão cristã mais forte arrecadaram mais nas bilheterias.


Filmes que possuíam um foco claramente redentor ou religioso, como “Piratas do Caribe: Em Águas Misteriosas”, “Help” e “Tão Alto e Tão Perto” tiveram mais sucesso nos cinemas nos últimos meses que aqueles com uma perspectiva humanista ou até mesmo contrária aos valores cristãos, incluindo “O Homem que não amava as mulheres”, Se Beber não case II “e “O Diário de um Jornalista”.


O relatório do Movieguide afirma que os filmes “positivos” ou “cristãos” em média, deram um retorno na bilheteria quatro vezes maior. No total foram 64,3 milhões dólares contra 15,9 milhões dos filmes “liberais”.


“A maioria das pessoas tem alguma fé em particular e quando encontra violência, uso de drogas, imoralidade sexual e que criticam os valores tradicionais, sentem-se ofendidas de alguma forma”, disse Megan Basham, editora do site de notícias cristão World Magazine. “Os filmes bem produzidos que ofereçam o oposto vão agradar os frequentadores de igreja”.


Além disso, os relatórios da Movieguide apontam que, entre os 25 DVDs mais vendidos no ano passado, 52% tinham pelo menos um algum conteúdo pró-cristão, enquanto apenas 8% eram claramente anticristãos.


Baehr também lembra que mais de 2,3 bilhões de pessoas no mundo se identificam como cristãos, e Hollywood está finalmente começando a perceber o quanto isso é importante.


“Quando começamos o Movieguide, em 1985, havia apenas um ou dois filmes que possuíam um conteúdo explicitamente cristão ou que enfatizavam valores positivos. Agora são produzidos mais de 50 por ano.


Cada estúdio tem até uma divisão para produzir material com valores cristãos, e vários estúdios estão fazendo ótimos filmes com um forte conteúdo cristão. Todos os grandes estúdios, não apenas os da Disney, estão fazendo filmes pensando nos jovens, crianças e famílias”, salienta Baehr.

Christian Post

35 Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês

Você não pode copiar o conteúdo desta página