Conecte-se conosco

Gospel

Garoto de 11 anos vira pastor nos Estados Unidos

Publicado

em

Um menino de 11 anos foi ordenado pastor na igreja Pentecostal de sua família, em um ato sancionado pelo estado de Maryland, nos Estados Unidos. 

Ezekiel Stoddard foi ordenado em uma cerimônia no dia 6 de maio na igreja onde seus pais também são pastores.

O pastor mirim diz que Deus falou com ele durante um sonho quando ele tinha apenas oito anos de idade. Deus pediu para ele ler o Salmos 23.
“Deus disse: ‘Você vai tocar os doentes e vai pregar para os pobres”, conta Ezekiel, dizendo que a voz soou como fogo. “Ele disse: Filho, você será alguém ”.

A mãe do garoto, pastora Adreienne Smith, diz que Ezequiel prepara seu próprio sermão e que sente confiança nas habilidades que ele tem. Ela diz que independente de sua idade ele poderá liderar uma congregação.

“Ele tem tempo para estudar, ele conhece um monte de escritura, ele conhece os 10 mandamentos, as histórias. Ele faz coisas de criança, mas quando se trata da palavra de Deus, ele estuda, se prepara”, disse a mãe.

Ezekiel faz parte de uma tradição centenária que se mantém ao redor do mundo. Apesar da ordenação infantil ser um evento existente há décadas, pastores mirins continuam a ser objeto de fascinação e debate.

O reverendo Al Sharpton, ministro batista norte-americano, atualmente com 58 anos, começou a pregar quando tinha 4 anos e acredita que Deus realmente pode falar através de crianças.

David Warren, que faz parte do coral que se apresentou na ordenação de Ezekiel, afirma que Deus pode usar qualquer pessoa.

“Deus pode usar qualquer um, por que não uma criança?”

Alguns céticos acreditam que crianças como Ezequiel são mais motivadas pela atenção que recebem e pelo incentivo dos pais do que por Deus. Porém os que conhecem o pequeno pastor afirmam que o menino é comprometido e maduro.

Apesar de receber algumas críticas, Ezekiel se mostra confiante e articulado. Ele comenta que alguns amigos às vezes se afastam e que até mesmo alguns adultos o tratam como se ele fosse “uma piada”.

“O mais difícil é quando eu falo (aos amigos sobre Jesus), alguns me deixam de lado e dizem Você não anda mais com a gente . Mas foi pra isso que Deus nos fez. Não somos cristãos para não vivenciar nada. Deus quer que passemos por tudo para nos fazer mais forte em Sua palavra”, disse ele segundo publicação Globo.

Ezekiel acrescenta que para ele não é questão de se tornar famoso, mas que Deus o inspirou para ministrar o Evangelho.

Christian Post

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Destaques do Mês