Homem que dizia ser Jesus Cristo é detido por atentado ao pudor

A Guarda Municipal de São José, em santa Catarina, deteve em flagrante por atentado ao pudor, Evanildo João da Cunha, 36 anos, às 12h40min de sábado. Ele estava sem roupa, em frente a uma igreja, na Avenida Leoberto Leal, e gritava dizendo ser Jesus Cristo.

Assustados com a atitude de Evanildo, as pessoas que estavam próximas à Igreja chamaram a guarda municipal, que o levou para a Central de Polícia de São José, e logo em seguida para o Instituto de Psiquiatria na Colônia Santana.

Conforme a Guarda Municipal, foi solicitado que Evanildo colocasse as roupas, que estavam jogadas na calçada junto com documentos, mas ele se negou. Como estava agitado, teve de ser imobilizado com faixas usadas em situações de desequilíbrio. Evanildo continua internado e sua família não foi localizada.

Com informações de Folha Gospel

Fonte: Gospelminas.com

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.