Vice de José Serra se reúne com líderes evangélicos em SP

O candidato à vice-presidência da República Índio da Costa (DEM) participa nesta quarta-feira (6), junto com a mulher do presidenciável José Serra (PSDB), Monica Allende Serra, de um encontro com 30 líderes evangélicos em São Paulo.

Entre as igrejas que irão participar do encontro está a Assembleia de Deus, com a qual o PSDB já tem mantido contatos próximos.


Os tucanos sinalizam uma aliança com a Assembleia de Deus desde o primeiro turno. Embora a candidata derrotada do PV, Marina Silva – que ficou em terceiro lugar na disputa presidencial – seja membro da igreja, a direção da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) manifestou discordâncias políticas com o programa do Partido Verde durante a campanha, já que Marina não se posicionou firmemente contra o aborto.


O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, por exemplo, que havia declarado apoio à candidata do PV, mudou seu posicionamento ao final do primeiro turno, atacando-a por “dissimular” suas ideias sobre liberação do aborto e maconha, e declarou apoio a José Serra.


Tanto o PT quanto o PSDB disputam o eleitorado religioso. Na avaliação dos tucanos, esse setor integra em parte um grupo de eleitores favoráveis a Marina. Uma igreja evangélica importante não participará do encontro nesta quarta – a Universal do Reino de Deus, que apoia declaradamente a candidata petista Dilma Rousseff.


Fonte: Terra/ Gospel Prime

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.