Confirmado o segundo caso de dengue hemorrágica em BH

Foto: Reprodução

O segundo caso de dengue hemorrágica em Belo Horizonte foi confirmado ontem pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na região da Pampulha. A área concentra os dois únicos casos confirmados na capital até agora.

Publicidade

De acordo com a secretaria, o tipo hemorrágico foi diagnosticado em uma criança de 3 anos. O bairro e o estado de saúde do menor não foram divulgados. Mas, de acordo com a SMS, os cuidados para evitar o alastramento da doença na região já estão sendo tomados. As casa onde vive o menor e as da vizinhança já teriam sido borrifadas.

O primeiro caso registrado na Pampulha acometeu um adolescente de 17 anos, que chegou a ser hospitalizado, mas se recuperou bem dos sintomas da doença e voltou para a casa.

Publicidade

Até ontem, quando foi divulgado o último levantamento dos casos de dengue do tipo clássico, na capital já tinham sido confirmadas 7.663 ocorrências.

A região com mais casos é a Nordeste, com 3.019, mais de 70% das ocorrências. A região Noroeste ocupa a segunda colocação no ranking, com 1.041 confirmações. Na Pampulha, 778 pessoas já contraíram a doença. A secretaria ainda investiga outros casos de dengue hemorrágica.

SINTOMAS. Quanto antes a dengue hemorrágica for descoberta, mais eficiente é o tratamento. A dengue clássica pode evoluir para o tipo hemorrágica a partir do terceiro dia de doença. Os principais sinais são dores abdominais intensas e contínuas, vômito persistente, queda de pressão arterial, hemorragias, extremidades dos membros frias e arroxeadas, agitação extrema ou letargia, dificuldade para respirar e diminuição do volume da urina.

Publicidade

Em Minas os números mais recentes foram divulgados anteontem. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram feitas 21.891 notificações até o momento. Apesar do avanço da doença, a situação não é vista como epidêmica pela secretaria.

Fonte: O Tempo

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.