Hotel de Minas Gerais mantém palavra ‘FÉ’ na fachada durante pandemia

Hotel, que está sem hóspedes, formou a palavra de incentivo à população com luzes de 26 quartos.

Fachada iluminada do hotel, que fica no Centro de Poços de Caldas (foto: Magson Gomes)

Um hotel de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, acendeu as luzes de 26 quartos para formar a palavra “Fé”. O hotel fica no centro da cidade e mantém a palavra acesa todas as noites, desde o dia 23 de março e pretende manter a prática enquanto durarem as medidas contra a pandemia da COVID-19.

Segundo a subgerente do hotel, Elaine Martins, a ideia foi transmitir uma mensagem de incentivo e união de todos pela mesma causa.

“A gente tinha visto em outro hotel um coração. Aí nós conversamos e tivemos a ideia de colocar a palavra “fé”, que é tudo o que nós temos que ter no momento”, disse a gerente.

O hotel que teve a iniciativa de passar a mensagem à população que ficou fechado aos hóspedes conforme decreto publicado pela prefeitura. Segundo a gerente, só alguns trabalhadores continuavam trabalhando atendendo telefones.

“Não esperávamos toda essa repercussão. Nós mandamos para os nossos colaboradores. O hotel está fechado, só alguns colaboradores trabalhando na recepção, na parte de segurança. Tivemos muitos cancelamentos, mas vamos vencer”, afirmou Elaine.

Na última quinta-feira, (16), foi registrado a primeira morte na cidade de Covid-19, o paciente, de 67 anos, já estava diagnosticado com a doença.


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!


Você sabia?

Deus está em toda parte, mesmo nas notícias. É por isso que vemos todas as notícias através das lentes da fé. Temos o compromisso de oferecer jornalismo cristão independente e de qualidade em que você possa confiar. Mas é preciso muito trabalho, tempo e dinheiro para fazer o que fazemos. Ajude-nos a continuar a ser a voz da verdade na mídia, apoiando o Gospel Minas. Doe AQUI.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.