Conecte-se conosco

Gospel

Nívea Soares publica vídeo em apoio às mulheres vítimas de violência doméstica

Publicado

em

Foto: Reprodução/Instagram

A cantora Nívea Soares usou suas redes sociais para mostrar sua preocupação diante do alto índice de violência contra crianças e mulheres contatadas durante o isolamento social. A cantora aproveitou e indicou um aplicativo lançado pelo Governo Federal no começo de abril.

Não aceite a violência dentro de casa, denuncie secretamente – disse Nívea.

A cantora seguiu orientando as mulheres que estão sofrendo abusos ou qualquer outro tipo de violência dentro de casa, bem como as crianças. Em um vídeo de 3 minutos, Nívea ensina como mexer no aplicativo chamado ‘Direitos Humano Brasil’ e pediu para que as mulheres não ficassem caladas diante de qualquer violência.

Publicidade

Nestes tempos de quarentena, a violência contra mulheres e crianças aumentou terrivelmente. Temos recebido centenas de relatos de maus tratos neste tempo que em breve cessará. Não sofra e nem se omita em relação a violência doméstica. Denuncie silenciosamente através do aplicativo Direitos Humanos Brasil. Baixe agora e indique a pessoas que precisam – disse a cantora nas redes sociais.

Faça o seu registro, e seja um instrumento para que essa violência venha acabar, a violência contra mulheres e contra as nossas crianças. Que Deus traga luz às trevas – finalizou a cantora.

https://www.instagram.com/tv/B_vaCrOpeVe/?igshid=1x2rfkl75kjay

Publicidade

 

Aplicativo Direitos Humanos BR

Os donos de celulares com sistema operacional Android e Ios já podem baixar, na loja Google Play, o aplicativo Direitos Humanos BR. O app é a nova plataforma digital do Disque 100 e Ligue 180 para receber denúncias, solicitações e pedidos de informação sobre temas relacionados aos direitos humanos e família.

O lançamento do novo aplicativo tem como objetivo enfrentar um dos fenômenos observados em outros países que também passam por período de confinamento: o aumento da violência doméstica.

Com agressores e vítimas sob o mesmo teto 24h00 por dia, a busca por canais de denúncia via telefone tende a diminuir, uma vez que a pessoa agredida não consegue pedir ajuda reservadamente.

Para a ministra Damares Alves, trazer para o mundo digital os serviços do Disque 100 e do Ligue 180 é um passo fundamental para combater a violência doméstica.

Todos nós estamos trabalhando incansavelmente e buscando soluções diante dos novos desafios. Com essas medidas, queremos ampliar a rede de acolhimento e proteção dos direitos humanos para garantir a efetividade das políticas públicas – disse a ministra.

Publicidade

 

Como usar o aplicativo

Batizado de Direitos Humanos BR, o aplicativo apresenta um passo a passo completo para que o denunciante registre a reclamação de maneira prática e segura.

Após fazer um breve cadastro, o denunciante pode registrar violências contra mulheres, crianças ou adolescentes, pessoas idosas, pessoas com deficiência e outros grupos sociais. Há também a opção de anexar arquivos, como fotos e vídeos.

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!


 

Destaques do Mês