Conecte-se conosco

Notícias

A MULHER DA CASA ABANDONADA: Margarida Bonetti vai dar entrevista de 2 horas em episódio extra do podcast

Publicado

em

Margarida Bonetti irá falar pela primeira vez sobre as acusações contra ela – FOTO: Reprodução

A produção divulgada pelo jornal “Folha de S. Paulo” e produzida pelo jornalista Chico Felitti, rapidamente ganhou popularidade na internet. Envolvendo milhares de ouvintes nos desdobramentos da investigação que tem como alvo os crimes cometidos por Margarida Bonetti nos Estados Unidos.

Em “A Mulher da Casa Abandonada”, Felitti destrincha toda a história da mulher que, atualmente, mora no Brasil, foragida do FBI, em uma mansão com aspecto de abandonada, em um dos bairros mais nobres de São Paulo.

Nos primeiros episódios do programa, a voz de Margarida, que hoje atende por Mari, aparece em alguns momentos. Felitti conseguiu fazer um primeiro contato enquanto ela tentava impedir que funcionários da prefeitura derrubassem uma árvore.

Com o decorrer da investigação, Margarida parece descobrir que Chico é um jornalista e corta o contato com o apresentador do programa. No entanto, pela primeira vez, Felitti revelou que um episódio extra vai trazer uma entrevista exclusiva com a mulher da casa abandonada.

Acampado na frente da mansão

Em uma entrevista exclusiva para o portal Splash do UOL, Chico revelou que o podcast terá um episódio extra, originalmente a produção iria contar com seis episódios, mas um sétimo deverá ser lançado.

Será nesse programa adicional, que Chico pretende colocar no ar uma entrevista exclusiva, com cerca de 2 horas de duração, que fez com Margarida Bonetti.

Para conseguir o feito, ele contou que chegou a acampar por 72 horas em frente à mansão da mulher, no bairro de Higienópolis.

“A entrevista começou pessoalmente, mas ele meio que foge de mim. Fiquei lá para conseguir o outro lado e foi horrível. Foram 72 horas acampado, dormindo em frente à casa”, explicou Chico sobre o que precisou fazer para falar com a personagem principal de sua reportagem.

“Quando finalmente consigo pegar ela, ela fala ‘eu vou falar com você, só vou escovar o dente’. Some e fica horas sem aparecer. Suspeito que ela tenha fugido ou desistido de mim. Até lá eu já tinha falado que era um documentário para a Folha de S. Paulo, que estava gravando e ela respondeu”, continua.

“Umas horas depois ela me liga e me dá uma entrevista de duas horas.” O jornalista também compartilhou o choque com as revelações de Margarida.

“Ela disse o inesperado. O que você não acha que ela vai dizer, é o que ela vai dizer a ponto de eu ficar exasperado na minha casa. Eu não acreditei no momento e ainda não acredito quando ouço. Parece um filme. Em vez de tentar apagar o incêndio, ela truca e pede 12. É meio inacreditável.”

 

Publicidade

Destaques do Mês