Conecte-se conosco

Brasil

Hospital de Santos fecha após última paciente com Covid-19 ganhar alta: “Deus é grande”

Publicado

em

Hospital de Santos – Foto: Reprodução

O Hospital de Campanha Vitória, na cidade de Santos (SP), fechou após a alta da última paciente internada com Covid-19, o novo coronavírus. O fato aconteceu nesta terça-feira (26/10).

Publicidade

Por volta das 10h00 desta terça-feira, os enfermeiros entraram para retirar o acesso da medicação intravenosa no braço direito da paciente. Era um dos últimos atos realizados no quarto 803.

Depois de 11 dias no hospital, Zenaide Cristina Israel de Carvalho, 42 anos, ganhou a tão sonhada alta da unidade. Ela foi a última paciente a receber alta de Covid-19, cuja desmobilização, como hospital de campanha, se encerra na sexta-feira (29/10). A alta de Zenaide Cristina do Hospital Vitória contou com festa no corredor, feita pelos funcionários, e algumas lágrimas entre o grupo que se despediu dela.

Publicidade

No térreo da unidade, um trio a esperava para o abraço que faltava há 11 dias: o marido José Luiz Carvalho e os filhos Luís Felipe Israel Carvalho e Luiza Israel Carvalho. Foi a oportunidade que a mãe teve para finalmente parabenizar a filha que fez 19 anos no último domingo. José Luiz conta que o período sem a esposa foi “complicado demais”. “Mas Deus é grande e é por isso que ela está aqui hoje. As enfermeiras foram maravilhosas. Hoje teremos um almoço especial”.

No mês de outubro, a unidade registrou o menor índice de pacientes desde sua abertura. De 1º a 20 deste mês (último dia de recebimento de pacientes), a média foi de 11 internados por dia por Covid-19. O pico de internações ocorreu em abril deste ano, com média de 74 pacientes por dia.

O imóvel onde funciona o hospital pertence a um grupo que cedeu o espaço sem custos para a Prefeitura de Santos utilizar como hospital de campanha no enfrentamento à Covid-19. O local estava sem uso, e a cessão estava de acordo com a estratégia do município de abrir leitos de campanha em equipamentos de saúde, e não em locais públicos, como estádios e ginásios.

Publicidade

Apesar do fechamento, a prefeitura salienta que manterá leitos de campanha para o tratamento da Covid-19 no Complexo Hospitalar dos Estivadores, na Santa Casa e na Beneficência Portuguesa. Para uma eventual ampliação de leitos, além destes, podem ser considerados outros estabelecimentos que também deram suporte hospitalar durante a pandemia, como o Complexo Hospitalar da Zona Noroeste, o Hospital de Pequeno Porte, a UPA Central e a UPA Zona Leste.

“O Hospital de Campanha Vitória foi fundamental para o enfrentamento da covid-19. Foi o nosso equipamento destinado 100% para o combate da doença, e ajudou a salvar muitas vidas. Foram 1.600 pacientes assistidos, e com muita qualidade. Seguimos analisando diariamente o comportamento da pandemia da Covid-19 em nosso município e, se for necessário, temos total condição de reabrir leitos de campanha”, disse o secretário de Saúde, Adriano Catapreta, por meio de nota.

 

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês