Conecte-se conosco

Brasil

Idosa de 101 anos entrega currículo e caso viraliza na internet: “Para comprar minha carninha”

Publicado

em

Idosa de 101 anos aplicou para vaga de auxiliar de escritório

Uma idosa de 101 anos, moradora de Promissão no interior de São Paulo, surpreendeu a todos depois que ela entregou um currículo manifestando o interesse em trabalhar em uma empresa local.

Publicidade

Segundo a aposentada, ela queria trabalhar para comprar as coisas que gosta sem depender da sua família.

“Eu quero trabalhar para comprar meus ‘vinhozinhos’, minha ‘carninha’, para não depender só da filha, ajudar um pouco”, contou dona Maria Cardoso ao Portal G1.

Publicidade

Pâmela Cristina Matias Gomes, bisneta da idosa, contou que várias pessoas da família dela são funcionárias de um frigorífico da cidade e que a bisavó sempre demonstrou interesse em também trabalhar na empresa.

A família então decidiu fazer um currículo para a dona Maria e pediu para a bisneta entregar aos recrutadores. Pâmela mandou o documento no grupo da empresa no WhatsApp e o currículo chegou às mãos da analista de atração e seleção do frigorífico, Juliana Araújo.

“Ela mandou mensagem: ‘Juliana, faz entrevista com a minha avó’. Aí na hora que eu vi a data de nascimento, levei um susto e falei: ‘Pelo amor de Deus, leva o currículo para mim’. Aí ela levou e achei a coisa mais linda, com a foto dela”, conta Juliana ao G1.

Publicidade

Idosa de 101 anos fez currículo para trabalhar e comprar vinhos em Promissão – Foto: Rafael Ferraz/TV TEM

Na semana passada, a analista compartilhou a situação nas redes sociais e se surpreendeu com a repercussão da história na cidade.

“Eu compartilhei porque foi uma coisa que mudou o meu dia, essa senhora com essa lição de empoderamento feminino, dando essa aula para a gente”, disse ela.

A dona Maria contou que não completou os estudos, pois trabalhou na roça desde os 9 anos de idade. Apesar do desejo de trabalhar no escritório da empresa e fazer alguma coisa diferente, ela disse que fez o currículo como uma forma de brincadeira, já que não sabe escrever.

Segundo a família, uma empresa de vinhos chegou a entrar em contato com a família depois da repercussão e disse que vai doar garrafas todo mês à idosa.

Publicidade

Já Juliana disse que pretende levar a dona Maria para fazer um passeio pela empresa quando a pandemia acabar.

“Tem muita empresa entrando em contato, querendo o telefone dela e já ganhou muito vinho que eu sei. Ela é uma celebridade na cidade, todo mundo só fala disso”, afirma Juliana ao G1.

 

Destaques do Mês