Conecte-se conosco

Gospel

Igreja Maranata sofre intervenção da Justiça do ES

Publicado

em

A Justiça do Espírito Santo determinou a intervenção na igreja Maranata, que está envolvida em um escândalo de desvio de dinheiro dos fieis.

A medida prevalecerá até que fatos sejam esclarecidos.

Segundo o Tribunal de Justiça do estado, um administrador judicial deverá ser nomeado nos próximos dias. Ele vai comandar os setores administrativo e financeiro da igreja, enquanto os pastores comandarão as atividades religiosas.

A decisão foi feita na última sexta-feira, dia em que quatro pastores, presos por supeita de coagir testemunhas do caso, foram libertados.

Alguns membros da igreja se disseram a favor da intervenção como forma de esclarecimento.

“A intervenção vai ser fundamental para que haja esclarecimento de tudo. A igreja precisa disso”, afirmou o veterinário João Oliveira ao G1.

“Agora vai mostrar para o povo realmente a verdade. Não tem nada para esconder”, completou a fiel”, disse Rosimeire Santos, uma outra fiel.

A igreja está sendo investigada desde março de 2012 por uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES).

Os líderes da igreja são acusados de crimes como estelionato, lavagem de dinheiro, tráfico de influência, falsidade ideológica e desvio de dinheiro público. De acordo com o MP-ES, o desvio pode chegar a R$21 milhões.

A igreja tem recebido apoio de diversos líderes de outras igrejas sobre o caso e se diz agradecida.

“A Igreja Cristã Maranata agradece as inúmeras mensagens de solidariedades, manifestos que tem chegada de todas as partes do país e mundo.”

Por meio da assessoria, a ICM informou que não vai se manifestar sobre a intervenção.

Christian Post

37 Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Destaques do Mês