Conecte-se conosco

Notícias

Influenciadora denuncia abusos de pai, um pastor evangélico

Publicado

em

Vítima foi violentada a partir dos oito anos de idade e denunciou caso à polícia

A influenciadora digital Rosa Cristina dos Santos denunciou, nas redes sociais, os abusos que sofreu pelo próprio pai, um pastor evangélico do Distrito Federal. A vítima relatou o caso à polícia com medo que o agressor fizesse mais vítimas.

Com 24 anos hoje, Rosa Cristina afirmou que tinha apenas oito quando foi abusada sexualmente pela primeira vez. Segundo a jovem, foi em um quarto escuro, quando sentiu uma mão por dentro das roupas íntimas. Quando abriu os olhos, viu que era o próprio pai.

Os abusos se tornaram frequentes e, aos 11 anos, os estupros se intensificaram: a jovem foi violentada na cama onde o pastor dormia com a mãe dela e até debaixo do cobertor que dividia com os irmãos. O abusador, em outra cena, perguntou se a então menina falou algo para a mãe. A jovem respondia que não.

As violências cometidas pelo pastor abusador só cessaram quando Rosa foi morar com os avós, no Maranhão. Nessa época, ela tinha 13 anos. Quase uma década depois, saiu da escuridão para contar tudo o que sofreu. Quase ninguém da família acreditou, e a influenciadora denunciou o caso à polícia em julho do ano passado.

Quase um ano depois, o Ministério Público ofereceu denúncia à Justiça, que aceitou o pedido. O abusador, porém, continua solto, enquanto a jovem ainda sente os temores do trauma que viveu.

Em contato com o homem, ele negou as acusações, afirmando “eu acho que seria impossível, com o tanto de gente que morava na minha casa”, além de estar aguardando ser notificado para se manifestar.

Publicidade

Destaques do Mês