Pastor Lucinho Barreto: Existe ex-gay na Bíblia?

Lucinho lembra que estamos em um país plural onde todos podem ter a atitude que quiserem desde que não interfira nas leis ou na liberdade do outro.

Lucinho Barreto – Foto: Reprodução/Lagoinha

Existe ex-gay na bíblia? Este foi um dos assuntos abordados pelo Pr. Lucinho Barreto em um vídeo no seu canal.

Publicidade

Lucinho lembra que estamos em um país plural onde todos podem ter a atitude que quiserem desde que não interfira nas leis ou na liberdade do outro. Ele destaca o quão terrível é a homofobia, mas também o ódio aos cristãos e pastores.

Barreto pontua que convive com muitas pessoas que não tem a mesma opinião que a dele, seja política ou religiosa e afirma que respeita posições contrárias. Ele ainda relata que tem muitos amigos homossexuais que sabem do seu posicionamento de não concordar com a prática homossexual.

Publicidade

“Se eu só for andar só com gente que pensa igualzinho a mim eu não vou andar nem com a minha mulher, tem hora que eu e ela também não concordamos. Então este pensamento de andar com os iguaizinhos, não existe não.”, afirma.

Ele menciona que em sua longa caminhada trabalhando com os jovens, muitos homossexuais vêm procurá-lo querendo ajuda, por não agradarem da situação em que vivem. O Pastor frisa que na maioria dos casos a própria pessoa acha que o seu caso não tem jeito, principalmente por não conhecerem nenhum relato de ex-gay na bíblia. Lucinho ainda explica que todos os seres humanos têm algum tipo de tentação é que sentir tentado não é pecado.

“Eu quero deixar muito claro que sentir a tentação do pecado homossexual não é o que a bíblia condena, ela condena a prática. A tentação todo o ser humano tem ou na área da homossexualidade da heterossexualidade ou qualquer outra. Os homossexuais se não fossem tentados neste setor seriam tentados em algo diferente. Nós temos que desmistificar a homossexualidade como algo muito pior do que os outros pecados, não tem nada disso, e mais um pecado.”, alerta.

Publicidade

O pastor revela que Jesus o libertou da tentação que tinha, assim como muitas pessoas são libertas daquilo que as tentam e que para os homossexuais não é diferente “Só não tem jeito para quem não quer” destaca . Lucinho pontua que há um único relato encontrado na bíblia sobre ex-homossexuais, é quando o apóstolo Paulo funda uma igreja em Corinto, uma cidade portuária onde muitos marinheiros praticavam a homossexualidade.

De acordo com o pastor Paulo deixa estupidamente claro que na igreja de Corinto havia ex-homossexuais e assegura que não tem uma guerra santa para poder transformar gays em héteros, que a sua missão é falar de Jesus para qualquer um, inclusive para o grupo mais difícil do mundo que são os religiosos.

“Jesus não conseguiu ganhar os religiosos e os religiosos pregaram Jesus na cruz. Então não estou aqui demonizando grupo nenhum, mas como os homossexuais sempre me perguntam, eu resolvi compartilhar esse versículo. Se você não quer sair da homossexualidade não me tenha como inimigo eu só sou o garoto do recado, só sou o correio  entregando a carta, mas quem escreveu a carta foi Deus.”, explica.

Ao final Lucinho destaca como Jesus mudou a sua vida que era depravada e afirma que o Senhor pode mudar a vida de quem quer ser restaurado.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.