Conecte-se conosco

Brasil

Pastor Luiz Sayão é vítima de intolerância e tem sua página na Wikipédia censurada

Publicado

em

Pastor Luiz Sayão – Foto: Reprodução/Instagram

O pastor Luiz Sayão usou as redes sociais a fim de revelar que deletaram informações sobre ele na Wikipédia sem motivo razoável. Além de pastor, Luiz é professor e mestre, hebraísta, linguista, tradutor de várias Bíblias de estudo e agora diretor da Faculdade Teológica Batista. E apesar de ser reconhecido dentro e fora do Brasil, excluíram sua página supostamente por não evidenciar “notoriedade” e “relevância”.

“Recebi o aviso de que o verbete estava sendo ‘analisado para exclusão’. Foi uma surpresa porque alegaram que as fontes não estavam bem documentadas e nem eram confiáveis”, disse o pastor.

Ele conta que não sabe quem criou o verbete, mas que já existia há cerca de 20 anos. A página continha tudo sobre seu trabalho acadêmico e técnico que recebeu pelo trabalho realizado. Desse modo, ao longo das duas décadas, foi atualizada e ampliada.

Publicidade

Entre os trabalhos se destacam o lançamento da Nova Versão Internacional (Bíblia NVI), projeto que Sayão coordenou e a versão Almeida Século XXI.

O usuário que decidiu eliminar a biografia do pastor aponta entre os artigos citados no verbete de autoria de Luiz Sayão um sobre homossexualismo. Mas sem falar sobre o teor do artigo. Ele então propôs uma liminar “pela falta de fontes confiáveis” e “nada de pesquisa inédita”.

“Tudo indica uma atitude de intolerância e repressão. Dias difíceis”, diz Luiz Sayão ao site Pleno News.

Publicidade

APOIO DE AMIGOS E SEGUIDORES

O pastor também conta que recebeu apoio de amigos e seguidores.

“Nós sabemos muito bem o motivo. Lamentável! Se fosse um conteúdo totalmente sem nexo, inapropriado ou besteirol, com certeza não aconteceria isso”, destacou um dos seguidores.

Portanto, pediram e questionaram o posicionamento dos responsáveis pelo Wikipédia. O que pelo visto parece que incomodou muito os revisores. Pois, segundo Luiz Sayão:

“Eles responderam de maneira pouco cortês e, no meu modo de entender, pouco profissional. Na verdade, quando os amigos e seguidores cobraram uma resposta sobre a exclusão, eles apressaram ainda mais o processo e excluíram em pouco tempo o verbete, sem dar sequência às discussões. Pelo que entendi, a decisão deles é sem possibilidade de retorno”, explicou ao site Guiame.

“Assim que fui removido vi que muitos se manifestaram nas redes sociais, cogitando a possibilidade de intolerância. Possivelmente, meus artigos no Wikipédia não seguem o rigor e o critério dos representantes. A dúvida que fica é: qual seria esse critério?”, acrescentou.

“Afinal, até onde entendo, o Wikipédia pretende melhorar seus serviços e quer ser uma enciclopédia democrática”, concluiu.

Publicidade

 

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês