Projeto em Igrejas de BH envolve mães no combate às drogas

Cerca de 84,5% dos municipios disseram que enfrentam
problemas com circulação de drogas em seu municipio.

Publicidade

Diante desta realidade que
assola quase todas as cidades do país, em Belo Horizonte (MG) surgiu uma
iniciativa das igrejas cristãs. O projeto “Mães de Minas contra o crack” insere
as mães, que em oração e ação, ajudam outras a lidar com este mal.

O projeto “Mães de Minas Contra o Crack” surgiu no ano
passado. Em uma caminhada realizada pelas comunidades terapêuticas a favor da
vida, na Avenida Afonso Penna – algo chamou a atenção do Pr. Wellington Vieira.
Uma mãe que estava no local mostrou o seu desespero por ajuda. Ao tentar
resgatar o filho das drogas, ela tornou-se dependente. Outras mães que estavam
no local, sensibilizadas com a situação, oraram e pediram direção para que Deus
mostrasse a melhor forma de socorrê-la. Assim, nasceu o projeto, uma
necessidade gerada por Deus no coração de mães que não desistiram dos seus
filhos e da própria vida.

Publicidade

O grupo que
começou com apenas três mulheres que tinham seus filhos nas drogas, hoje
alcança dezenas delas. “Para mim, o projeto vai além de um grupo de ajuda
mútua, é um Ministério. E enquanto há sopro, há vida. Sabemos que há muitas
mães precisando de um ombro e, por isso, queremos sempre trazê-las para que
possam ser abençoadas”, afirma a coordenadora do grupo Dalvineide Ameida.

Participe da reunião do projeto Mães de Minas contra o
Crack
Dia: Todas as quintas-feiras.
Horário: das 14h às 16h30.
Local: CREDEQ.
Endereço: Rua Itajubá, 1138, Bairro Sagrada Família – BH/MG.
Informações: (31) 3461-4400 – fale com a Dalvineide.

Participe também da Reunião de Família do projeto
Dia: Todas as segundas-feiras.
Horário: às 19h.
Local: Comunidade Batista Nova Floresta.
Endereço: Rua Capricórnio, 42, Bairro Nova Floresta – BH /
MG

Publicidade

Creio

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.