Ronaldo Caiado publica decreto que libera cultos religiosos em Goiás

As celebrações religiosas poderão ser realizadas até duas vezes por semana na maior parte do estado.

Foto: Reprodução

Ronaldo Caiado (DEM), governador de Goiás, anunciou a flexibilização das restrições devido à pandemia do novo coronavírus, que incluem a permissão para celebrações religiosas e atividades de salões de beleza, oficinas e construção civil, e deu autonomia às prefeituras para decidirem sobre a abertura de alguns setores.

As celebrações religiosas poderão ser realizadas até duas vezes por semana na maior parte do estado. Em outras 19 cidades, entre elas Goiânia, poderá ocorrer no máximo uma vez por semana. Também estão na lista das que poderão ter apenas uma celebração semanal municípios como Anápolis, Rio Verde, Itumbiara, Jataí e Luziânia.

Os fiéis deverão de usar máscaras e deve ser dada prioridade a aconselhamento individual. Todas as igrejas deverão disponibilizar produtos para higienização de mãos e calçados, respeitar 2 metros de distância entre os fiéis, proibir o acesso de pessoas de grupo de risco e suspender a entrada quando ultrapassar 30% da capacidade do estabelecimento. As igrejas também terão, ainda, de aferir a temperatura dos frequentadores com termômetro infravermelho.​

Segundo o governo, o decreto foi baseado em estudos técnicos feitos pelo Instituto Mauro Borges e a Universidade Federal de Goiás, e permite algumas atividades desde que os estabelecimentos se comprometam a seguir regras de higiene e evite aglomeração.

“Construíram o mais consistente relatório com toda base científica, técnica, para podermos dizer hoje aos goianos como proceder e como realmente poder fazer com que a passagem do coronavírus pelo nosso querido estado de Goiás cause o menor número de óbitos e, ao mesmo tempo, de [causar] amanhã situações que venham dificultar a economia e nossas atividades sociais”, afirmou Caiado no anúncio.

 

Regras gerais de abertura:

Além das regras específicas, todos os setores que foram liberados para funcionar devem obedecer às seguintes regras:

  • Proibir o acesso de quem não estiver usando máscara;
  • Disponibilizar álcool para higienização das mãos de clientes e funcionários;
  • Intensificar a limpeza do ambiente de trabalho, desinfectando várias vezes ao dia com álcool locais como computadores, telefones, maçanetas e interruptores;
  • Disponibilizar locais para a lavagem adequada das mãos;
  • Manter distância mínima de dois metros entre os funcionários;
  • Evitar reuniões presenciais;
  • Adotar trabalho remoto e revezamento de funcionários sempre que possível para evitar aglomerações;
  • Adotar recomendações de isolamento domiciliar para profissionais idosos.

 


Receba nosso conteúdo EXCLUSIVO no Whatsapp! Clique Aqui!


 

Você sabia?

Deus está em toda parte, mesmo nas notícias. É por isso que vemos todas as notícias através das lentes da fé. Temos o compromisso de oferecer jornalismo cristão independente e de qualidade em que você possa confiar. Mas é preciso muito trabalho, tempo e dinheiro para fazer o que fazemos. Ajude-nos a continuar a ser a voz da verdade na mídia, apoiando o Gospel Minas. Doe AQUI.

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.