Conecte-se conosco

Bebê com câncer no cérebro recebe alta do hospital e seu pai diz que: “Deus respondeu à oração!”

Publicado

em

Deus operou um milagre na vida de Gideon, um bebê de um ano de idade, diagnosticado com câncer no cérebro – Foto: Reprodução

Após o primeiro bebê dos Thompson, eles passaram 10 anos tentando engravidar novamente, então decidiram se tornar pais adotivos. Depois que se passou uma década, eles ficaram chocados e surpresos quando Jenny Thompson engravidou novamente.

Publicidade

“Durante anos tentamos ter outro filho”, disse Tony Thompson. “Por algum motivo, nunca mais poderíamos conceber. Ficamos muito, muito desolados e decidimos nos tornar pais adotivos certificados”.

Como pais adotivos que viviam na Baía de Chesapeake, eles adotaram um adolescente e um filho, Alexander.

Então Jenny engravidou. “Havíamos orado por 10 anos e Gideon West foi uma grande resposta à oração”, ela disse.

Durante o almoço no primeiro aniversário de Gideon, Tony estendeu a mão para endireitar a cabeça do menino. E ele gritou de dor. Em seguida foram buscar um médico. A consulta com o pediatra levou então ao encaminhamento ao hospital.

Depois que foi feita uma tomografia computadorizada, os médicos determinaram que ele precisava de uma cirurgia imediatamente para remover um tumor cerebral. Com toda a certeza foi uma notícia impressionante.

Publicidade

“Nosso mundo simplesmente parou”, diz Jenny.

Ela chamou amigos, família e igreja para orar. Além disso, a cirurgia durou nove horas e meia.

“Nós nos sentimos tão desamparados”, diz Jenny. “Logo após a cirurgia, seu corpo estava falhando. Ele estava sob medicação. Ele tinha lágrimas descendo pelo rosto. Meu coração quebrou em pedaços”.

Ela chorou e clamou a Deus, que lhe deu uma visão de Gideon brincando alegremente com anjos. “Foi uma paz perfeita”, contou Jenny. “Daquele momento em diante, eu sabia que não importava qual fosse o resultado, Deus teve nosso bebê”. Em outras palavras, mesmo se ele morresse, ele estaria no céu.

Gideon permaneceu na UTI por 30 dias. O tumor foi examinado em patologia. Foi canceroso.

Publicidade

Lidando com a situação

“Como você consegue imaginar que seu filho tem câncer?” Disse Tony. “A questão era: Deus, por que você nos abençoaria com essa criança só para tirá-la de nós? O que fizemos de tão errado?”

Embora as perspectivas fossem sombrias, Tony e Jenny decidiram orar e acreditar. Eles mantiveram a esperança e a fé. E com o fim de lidar com a situação, o casal lançou uma página no Facebook “Oração por Gideon”. Dessa maneira, o progresso de Gideon era de modo muito frequente atualizado. Assim como pedidos de orações específicos.

Depois que Gideon passou 30 dias na UTI, começou a quimioterapia. A certa altura, sua contagem de glóbulos brancos – que sempre diminui como parte da quimioterapia – caiu a zero. Por isso, de novo foi isolado no hospital.

A equipe do hospital informou que a contagem de glóbulos brancos precisaria de pelo menos quatro dias para subir para o mínimo de 500 para a alta do hospital.

O milagre

Por esta altura, a página do Facebook tinha milhares de guerreiros de oração unindo-se em súplica a Deus.

Publicidade

“Literalmente, milhares de pessoas oravam para que a contagem de leucócitos de nosso filho aumentasse”, lembrou Tony. “E Deus respondeu à oração. A contagem de leucócitos dele foi de zero a 7000 em menos de oito horas!” ele exclamou.

Nesse meio tempo, os médicos acharam que o teste tinha dado errado. Então eles executaram novamente. E de novo. E uma terceira vez. “Ninguém conseguia entender”, diz Jenny.

Deus ouviu as orações dos irmãos em Cristo e trouxe um milagre. “Deus estava curando nosso bebê”, disse ela.

Gideon terminou seis meses de quimioterapia antes do Dia de Ação de Graças. “Foi um momento perfeito”, disse Jenny. “Tínhamos muito a agradecer”.

Na ressonância magnética de 4 horas antes do Natal, o oncologista não encontrou nenhuma evidência de câncer.

“Foi o melhor presente de Natal de todos os tempos”, diz Tony. “Esta é a história de um garotinho que teve uma das piores doenças que você pode imaginar e Deus o abençoou. Ele passou por isso”.

Destaques do Mês