Conecte-se conosco

Brasil

Lula culpa as igrejas pela maioria das mortes por Covid-19 no Brasil

Publicado

em

Ex-presidente fez um discurso de 1h23 na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo – Foto: G1

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um pronunciamento nesta quarta-feira (10/03), e dos diversos assuntos tratados por ele, uma chamou atenção dos cristãos. Lula declarou que muitas mortes por Covid-19 poderiam ter sido evitadas no Brasil, se não fosse a “irresponsabilidade das igrejas”.

Publicidade

A declaração de Lula foi bastante criticada por cristãos em todo o país. Segundo relatos, a declaração do presidenciável visa ‘atacar’ as igrejas evangélicas, isso porque, a maioria apoia o presidente Jair Bolsonaro.

Além disso, o político aproveitou também para alfinetar o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus no caso do ‘feijão milagroso’.

Publicidade

“Muitas mortes poderiam ter sido evitadas. Muitas mortes! O papel das igrejas é ajudar para orientar pessoas, não é vender grão de feijão, ou fazer culto cheio de gente sem máscara dizendo que tem o remédio pra sarar”, disse Lula.

A declaração de Lula pegou a comunidade evangélica de surpresa e muitos o criticaram por sua fala.

“Lamentável querer colocar a culpa das mortes nas Igrejas Evangélicas! E o maior absurdo é que ainda tem cristão que apoia esse sujeito! Oremos”, comentou o pastor José Carlo, Presidente da AD Paraíba.

Publicidade

 

Destaques do Mês