Conecte-se conosco

Mundo

Maior país islâmico do mundo, Indonésia nomeia evangélico como chefe da polícia nacional

Publicado

em

A posse do novo chefe da polícia nacional, General Listyo Sigit Prabowo – Foto: Reprodução/Twitter

O país mais islâmico do mundo, a Indonésia, nomeou um evangélico como o novo chefe da polícia nacional. Ele é o terceiro funcionário de uma minoria religiosa a ocupar esta posição no país. A informação é do Portal Evangelical Focus.

Publicidade

O general Listyo Sigit Prabowo vem de uma família com tradição reformada protestante. Ele disse anteriormente que experimentou uma renovação da fé na Igreja Pentecostal de Betel.

Antes de sua nomeação, Prabowo era o chefe da Agência de Investigação Criminal da Indonésia. Ele foi o único candidato do presidente Joko Widodo, aprovado por unanimidade pelo Conselho Representativo do Povo, a câmara baixa do parlamento da Indonésia.

Publicidade

CRÍTICAS DOS MULÇUMANOS

A nomeação do general pelo presidente Joko Widodo, um muçulmano secular, foi fortemente contestada por Muhyiddin Junaidi, presidente do Conselho Ulema da Indonésia (MUI), um dos órgãos clericais islâmicos do país.

Junaidi destacou que “embora a Indonésia seja um país secular, não seria apropriado que o líder da polícia tivesse uma origem não muçulmana. Era natural que os líderes de qualquer país tivessem a mesma religião da maioria da população”.

No entanto, apesar da oposição à candidatura de Prabowo, as manifestações foram mínimas, dado que as maiores organizações muçulmanas de massa do país, Nadhatul Ulama (NU) e Muhammadiyah, deram abertamente o seu apoio.

Publicidade

De acordo com o Portal Evangelical Focus, ele também recebeu o apoio das principais organizações muçulmanas e clérigos islâmicos em Banten, uma das províncias indonésias mais conservadoras, perto da capital, onde chefiou a polícia local.

Além disso, a Comunhão das Igrejas na Indonésia (CCI / PGI) saudou a nomeação do novo chefe de polícia, afirmando que “A religião de Prabowo não desempenhou um papel, o que importa são as suas realizações e sucessos passados, bem como a sua visão para o futuro da Indonésia como um país democrático, livre, mas ordeiro”.

“Sua nomeação mostra que todo cidadão tem os mesmos direitos para chegar a um cargo de liderança”, acrescentaram.

Os bispos católicos romanos também o apoiaram.

Prabowo era o único candidato do presidente Joko Widodo – Foto: Reprodução/Twitter

Publicidade

 

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês