Conecte-se conosco

Brasil

Morre Glória Maria, ícone da TV

Publicado

em

Jornalista estava internada em um hospital de Copacabana para tratar a doença – Foto: Reprodução

Morreu nesta quinta-feira (02/02), a jornalista Glória Maria. Ela morreu no Rio de Janeiro. A causa da morte não foi informada. A informação foi confirmada pela TV Globo. Ela deixa duas filhas adolescentes, Laura e Maria.

“É com muita tristeza que anunciamos a morte de nossa colega, a jornalista Glória Maria”, informou a TV Globo, em nota. “Em 2019, Glória foi diagnosticada com um câncer de pulmão, tratado com sucesso com imunoterapia. Sofreu metástase no cérebro, tratada em cirurgia, também com êxito inicialmente”, prossegue o texto.

“Em meados do ano passado, Glória Maria começou uma nova fase do tratamento para combater novas metástases cerebrais que, infelizmente, deixou de fazer efeito nos últimos dias, e Glória morreu esta manhã, no Hospital Copa Star, na Zona Sul do Rio.”

Glória foi a primeira a entrar ao vivo no Jornal Nacional, da TV Globo. Mostrou mais de 100 países em suas reportagens e protagonizou momentos históricos na televisão.

Glória Maria Matta da Silva nasceu no Rio de Janeiro. Filha do alfaiate Cosme Braga da Silva e da dona de casa Edna Alves Matta, estudou em colégios públicos e sempre se destacou.

Na Globo, tornou-se repórter numa época em que os jornalistas ainda não apareciam no vídeo. A estreia como repórter foi em 1971, na cobertura do desabamento do Elevado Paulo de Frontin, no Rio de Janeiro.

Glória Maria trabalhou no Jornal Hoje, no RJTV e no Bom Dia Rio — coube a ela a primeira reportagem do matinal local, há 40 anos, sobre a febre das corridas de rua.

No Jornal Nacional, foi a primeira repórter a aparecer ao vivo. Cobriu a posse de Jimmy Carter em Washington e, no Brasil, durante o período militar, entrevistou chefes de estado, como o ex-presidente João Baptista Figueiredo.

A partir de 1986, a jornalista integrou a equipe do Fantástico, do qual foi apresentadora de 1998 a 2007. Ficou conhecida pelas matérias especiais e viagens a lugares exóticos, e por entrevistar celebridades como Michael Jackson, Harrison Ford, Nicole Kidman, Leonardo Di Caprio e Madonna.

Para o Fantástico, a jornalista viajou por mais de 100 países, passando pela Europa, África e parte do Oriente, quando mostrou um mundo novo ao telespectador.

A contratada da Rede Globo estava internada no hospital Copa Star, na Zona Sul, para tratar um câncer no cérebro.

A doença foi descoberta pela jornalista em 2019. Na ocasião, ela precisou se afastar dos trabalhos na TV para tratar a doença. Glória, inclusive, foi submetida a um processo cirúrgico de emergência que tinha como finalidade a retirada de uma “lesão expansiva cerebral”, ou seja, a remoção do tumor.

Destaques do Mês