Conecte-se conosco

Gospel

Vocalista de banda cristã admite que perdeu a fé: “Não acredito mais em Deus”

Publicado

em

Guitarrista Jon Steingard – Foto: Reprodução

O cantor e guitarrista Jon Steingard, vocalista principal da banda de rock cristã canadense Hawk Nelson, declarou nas redes sociais que não acredita mais em Deus. Ele disse que não tomou essa decisão da noite para o dia e que o processo durou vários anos. Além disso, ele afirmou que foi como “foi mais como puxar os fios de uma blusa e um dia descobrir que não havia mais blusa”.

Publicidade

O cantor, de 36 anos, publicou sobre o assunto na semana passada e segundo ele, começou a se sentir perturbado toda vez que ele e seus colegas de banda subiam aos palcos para louvar a Deus. Suas dúvidas sobre a existência de um Criador e a autenticidade da Bíblia o atormentavam, e diante disso, o cantor foi perdendo o prazer se servir a Deus.

Cresceu em lar cristão

– Depois de crescer em um lar cristão, ser filho de pastor, tocar e cantar em uma banda cristã, e ter a palavra cristão na frente da maioria das coisas na minha vida, agora estou descobrindo que não acredito mais em Deus. Não aconteceu da noite para o dia ou de repente. Foi mais como puxar os fios de um suéter e um dia descobrir que não havia mais suéter – Disse ele no começo de seu post.

Publicidade

Steingard é morador do sul da Califórnia nos Estados Unidos. Ele cresceu em uma família cristã em Ontário, Canadá. O músico disse que era difícil para ele escrever que não acreditava mais em Deus e que está assustado com a decisão de falar do assunto, mas que foi por um motivo.

– Primeiro: simplesmente não posso mais evitá-lo. Processar isso silenciosamente parecia certo quando eu simplesmente tinha dúvidas, mas depois que eles se solidificaram em um ponto de vista genuíno, começou a parecer desonesto não falar sobre isso – Disse.

– Desde que me lembro, a vida era toda sobre a igreja. Era a nossa comunidade. Era a nossa família. Não fazia parte da nossa vida, era a nossa vida. Quando você cresce em uma comunidade que mantém uma crença compartilhada, e essa crença compartilhada é incrivelmente central para tudo, você simplesmente a adota – Disse.

Publicidade

Ele observou que ao se abrir com seus amigos que também cresceram na igreja, muitos também compartilham as mesmas dúvidas sobre Deus.

– Tive conversas particulares com amigos de confiança sobre minhas dúvidas e descobri, para meu choque absoluto, que elas são compartilhadas por quase todos os amigos íntimos da minha idade que também cresceram na igreja . Estou impressionado com o número de pessoas em posições visíveis dentro dos círculos cristãos que se sentem da mesma maneira que eu. Como eu, eles temem perder tudo se estiverem abertos a isso – Disse Jon Steingard.

“Se Deus é amoroso, porque existe o mal no mundo”

A lista de coisas que não fazia sentido para ele continuava crescendo ao longo dos anos, ele observou, por exemplo, o porque Deus não acabava com todo o mal do mundo.

– Se Deus é todo amoroso e todo poderoso, por que existe o mal no mundo? Ele não pode fazer nada sobre isso? Ele escolhe não? O mal no mundo é resultado de seu desejo de nos dar livre-arbítrio? Tudo bem então, e a fome, as doenças, as inundações e todo o sofrimento que não é causado pelos seres humanos e por nosso livre arbítrio? – indagou o músico.

Muitas outras coisas começaram a incomodar Steingard sobre as sagradas estrituras. Além disso, Deus muitas vezes parecia muito não-divino, segundo ele. Ele citou algumas passagens bíblicas para tirar sua conclusão sobre Deus. Ele também disse que a Bíblia, no final, é “humana e imperfeita”.

Publicidade

– Por que Deus parece tão irritado na maior parte do Antigo Testamento, e de repente ele é um pai amoroso no Novo Testamento? Por que ele diz para não matar, mas depois instrui Israel a se virar e matar homens, mulheres e crianças a tomar a terra prometida? Por que Deus leva Jó a sofrer coisas horríveis apenas para ganhar uma aposta com Satanás?! Por que ele diz a Abraão para matar seu filho (mais assassinatos de novo) e depois basicamente diz: “Brincadeirinha, isso foi um teste”? Por que Jesus tem que morrer por nossos pecados? Se Deus pode fazer alguma coisa, ele não pode perdoar sem que alguém morra? – Disse o cantor.

Se sente liberto

Enquanto ele sente alguma perda ao se afastar da fé, ele também sente liberdade. Ele admitiu que ele e sua esposa não gostassem de ir à igreja, ler a Bíblia, orar ou adorar. “Tudo parecia obrigação.” Ele percebeu que era porque eles simplesmente não acreditavam.

Steingard terminou sua postagem dizendo aos seus seguidores que ele quer que sua declaração seja o começo da conversa e não o fim.

– Quero ser transparente com todos vocês e também aberto a mudar meu coração no futuro. Não estou à procura de um debate apenas uma chance de compartilhar minha história na esperança de que algo de bom possa vir dela. Eu amo todos vocês – Disse ele.

A partir de 2004, o cantor Jon Steingard ganhou fama nos círculos cristãos com a banda que ele acabara de ingressar, Hawk Nelson. Sete álbuns depois, Steingard, agora com 36 anos, encerra sua carreira cristã.

 

Publicidade

Editor-chefe do Gospel Minas. Cristão, jornalista e empreendedor de BH/MG. Amante da arte, comunicação e jornalismo. Pronto para servir o povo cristão com excelência. Contato: (31) 99583-5239 - [email protected]

Destaques do Mês