Aumento na comercialização digital de músicas provoca queda nas vendas de CDs e DVDs

Foto: Reprodução

Aumento na comercialização digital de músicas e queda nas vendas de CDs e DVDs ” essa foi a equação do mercado fonográfico brasileiro em 2007, divulgada na última semana pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos ” ABPD.

Publicidade

Segundo dados da ABPD, as receitas de comercialização de música através da telefonia móvel cresceram 127%, enquanto aquelas provenientes da Internet aumentaram 1.619%.

As vendas de CDs e DVDs movimentaram em 2007 R$ 312,5 milhões, o que representou uma redução de 31,2% no faturamento líquido em comparação ao ano de 2006. Já em unidades vendidas, este percentual foi menor, com queda de 17,2% em relação a 2006, com um total de cerca de 31,3 milhões de unidades em 2007.

Publicidade

No total, as vendas digitais (telefonia móvel e internet) e físicas (CDs e DVDs) do mercado fonográfico movimentaram cerca de R$ 337 milhões ano passado. Das vendas físicas totais de música no Brasil, 77% foram de música brasileira. A liderança nos dois veículos físicos se divide entre Padre Marcelo Rossi e Ivete Sangalo.

O segmento digital, que teve seu balanço de vendas divulgado pela primeira vez pela ABPD, registrou venda de R$ 24,5 milhões, o que representa 8% do mercado total de música no país, contra 2% registrados em 2006. “A expectativa para 2008 é o nosso percentual se alinhar à média do mundo, que é de 15%”, disse o presidente da ABPD, Paulo Rosa.
“É possível que em dois ou três anos já estejamos em 25%, marca do Reino Unido”, aposta José Antonio Eboli, presidente da Universal Music. A ABPD ressalta o fortalecimento das lojas online e o aumento de músicas à disposição na rede -entre 600 e 700 mil.

Do total das vendas digitais brasileiras, 24% representaram receitas advindas da Internet (R$ 5,74 milhões) e 76% vendas de música digital via telefonia móvel (R$ 18,54 milhões). Em 2006, a telefonia móvel detinha 96% das receitas, deixando 4% para as vendas pela Internet.

Publicidade

Fonte: Boletim da ABPD

COMENTÁRIOS

Os comentários não representam a opinião do Gospel Minas; a responsabilidade é do autor da mensagem.