Conecte-se conosco

Delivery inesperado de igreja surpreende jovens que deixaram de ir à igreja

Publicado

em

O grupo entregou pizzas e oraram pelos jovens que se afastaram da igreja em Chapecó, Santa Catarina – Foto: Maria Eduarda Piason

Jovens cristãos de uma igreja em Chapecó, em Santa Catarina, resolveram criar uma ação social em que levam pizzas, uma palavra de fé e orações às pessoas que não frequentam mais a igreja.

Publicidade

Os jovens são membros da Igreja Adventistas do Sétimo Dia na cidade catarinense. Eles tiveram essa ideia diferente para demonstrar o quanto sentem falta dos irmãos em Cristo que não frequentam mais a igreja, devido à pandemia do novo coronavírus ou de outro fator.

Por meio de um serviço surpresa de delivery, eles entregaram pizzas e literaturas aos “clientes”. A ação social ocorreu na noite do último sábado (27/01).

Publicidade

Segundo o portal Notícias Adventistas, todas as pizzas foram preparadas sem uma das partes, e no espaço havia a mensagem: “O pedaço que falta é você”.

O texto é uma referência ao verso 5 do capítulo 12 do livro bíblico de Romanos, que diz: “Assim também em Cristo nós, que somos muitos, formamos um corpo, e cada membro está ligado a todos os outros”.

Os jovens que participam da ação integram o projeto Missão Calebe, por isso apelidaram o nome da mobilização de Calebefood. Até a caixa que transportava os alimentos e as literaturas foram personalizadas com a logo oficial.

Publicidade

COMO FUNCIONA O ‘CALEBEFOOD?

Primeiro, uma dupla chegava de motocicleta até a casa do “cliente” e dizia que havia uma entrega. Alguns minutos depois, outros jovens da igreja se aproximavam para orar e conversar com os amigos que deixaram de frequentar as reuniões da igreja.

Maria Eduarda Piason, uma das organizadoras da ação, explica como foi a experiência de realizar o ato solidário surpresa.

“Foi muito especial, desde a preparação das pizzas, o envolvimento dos Calebes e a felicidade que a gente podia ver das pessoas recebendo e percebendo que gostamos muito delas, que elas são importantes para nós e, principalmente, para Deus”, conta Maria.

 

Destaques do Mês