Conecte-se conosco

Evangelista revela como a bíblia a ajudou superar abuso sexual na infância

Publicado

em

Beth Moore

Foto: Reprodução/Instagram

 

Publicidade

Em entrevista recentemente para um canal americano que tinha o quadro “Estudo Bíblico de Ainsley”, a evangelista Beth Moore relembrou detalhes de sua infância e de como a leitura das Sagradas Escrituras a possibilitaram superar seus traumas.

“Deus não tem lado sombrio”, afirmou a autora e evangelizadora Beth Moore, em um episódio do programa “Ainsley’s Bible Study” do Fox Nation.

Através de um relato poderoso, a evangelizadora revelou fatos sobre sua infância em um lar destruído, sobre os abusos sexuais aos quais foi submetida, e como a leitura da Bíblia a ajudou a superar os traumas do passado.

“Tive a grande bênção de ser criada na igreja”, disse Moore, “três vezes por semana, domingo de manhã, domingo à noite, quarta-feira à noite – no mínimo – estávamos sempre lá”.

“No entanto, minha família estava muito, muito destruída”, acrescentou Moore. “É exatamente esse tipo de combinação do bom e do ruim e do feio que podem fazer tudo acontecer sob o mesmo teto”.

Publicidade

Vítima de abusos sexuais dentro de sua própria casa, a evangelista afirma que mesmo cercada de amor, nem tudo estava bem. Uma vez que seu agressor era alguém que deveria protegê-la.

Após anos de silêncio, Moore decidiu se libertar aos 40 anos quando sua mente estava completamente fora da “influência de seu agressor”, disse ela.

Moore afirmou que através da memorização de trechos da Sagrada Escritura, conseguiu deixar o passado para trás.

“Eu memorizava as escrituras”, disse ela. “Coloquei essas verdades em fichas e as levava para todo lugar que fosse. Enquanto andava pelo supermercado… estava dizendo essas escrituras várias vezes”, disse ela.

Fundadora de uma organização para sobreviventes do abuso sexual, ela deixou claro que todos tem o direito de dizer não a avanços sexuais indesejados.

Publicidade

“Os limites em torno da minha vida foram destruídos cedo e por um agressor, devo acrescentar, porque, embora nem todos os agressores sejam predadores sexuais, todos os predadores sexuais são, de uma maneira ou de outra, agressores. Não havia nenhum manual ao meu alcance sobre como reconstruir esses limites desintegrados”, afirmou em entrevista a CBN News em 2016.

Moore finalizou seu relato fazendo um emocionante discurso sobre a força da bíblia e reafirmando que Deus é luz e que nele não há trevas.

Destaques do Mês