Conecte-se conosco

Brasil

Pai muda senha do wi-fi diariamente e só libera para a filha depois dela cumprir suas tarefas domésticas

Publicado

em

Paulo Machado e o bilhete enviado para a filha Catarina – Imagem: Reprodução

Educar os filhos, e fazê-los participarem das tarefas de casa, é trabalho árduo. Pais e mães mundo a fora se descabelam e inventam verdadeiros malabarismos pedagógicos diariamente para conseguir que os filhos ajudem nos afazeres domésticos.

Paulo Machado, pai de Catarina, paulistana de 17 anos, talvez tenha encontrado a maneira mais criativa, atual e, principalmente, eficiente de convencer a filha: Trocar a senha do wi-fi diariamente, e só revelar o código em troca de tarefas cumpridas.

A ideia, claro, ganhou o apoio de vários pais que desejam fazer a mesma coisa.

Publicidade

O operador de turismo e vice-presidente da Casa Portugal, Paulo Machado, escreveu o bilhete para a filha Catarina. Em menos de 24 horas, a publicação foi compartilhada mais de 83 mil vezes no Facebook, e ganhou também o WhatsApp. Ele contou que a tática deu certo. Ele escreveu o bilhete à mão, publicou na página da filha no Facebook e, em cinco minutos, ela respondeu com duas fotos: uma da pia sem louça e outra do quarto arrumado. Ele, então, liberou a senha.

“A gente percebe que ela fica muito tempo na internet, deixando de estudar ou de fazer as tarefas domésticas. Conversando com um amigo de Portugal, ele falou desse toma lá da cá. Resolvi mandar um bilhete para ela, e em cinco minutos ela mandou uma foto da pia sem louça e do quarto arrumado”, disse o pai.

Catarina usa o 3G em seu celular, mas com o wi-fi ela pode se conectar ainda mais, e em aparelhos diversos. Mais do que somente fazer com que a filha participe dos afazeres domésticos, a proposta, segundo Paulo, tira a filha ao menos um pouco do isolamento que a internet pode trazer. Para ele, restringir a internet hoje possui o mesmo efeito que, no passado, restringir a televisão.

Publicidade

Centenas de pais apoiaram a iniciativa de Paulo, que compara o castigo de “tirar a internet de hoje” com o “tirar a televisão de antigamente”. Catarina, como as adolescentes da sua idade, tem todas as redes sociais possíveis, e usa o celular e o tablet para conversar com os colegas da faculdade. Mas é o isolamento do que acontece na casa que preocupa o pai.

“É preocupante porque você percebe que é um tema que também aflige as famílias de forma geral. Não foi por causa do bilhete, mas pela forma da abordagem. Foi como se eu tivesse encontrado uma solução porque eles também têm o mesmo problema”, afirma Paulo, acrescentando que vai continuar trocando a senha do Wifi diariamente para criar uma rotina na casa.

É claro que muitos dos que compartilharam, curtiram e comentaram a postagem eram também pais diante dos mesmos dilemas. Ele garante que seguirá trocando a senha, para enfim estabelecer uma rotina e proximidade em casa. Feita com carinho, proximidade e honestidade, a proposta parece ter eficiência garantida.

 

Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do Mês