Conecte-se conosco

Mundo

Rapper norte-americano lança ‘Tênis de Satã’ com gota de sangue humano

O lançamento conta com 666 pares, que são numerados individualmente e têm a inscrição Lucas 10:18 nas laterais. Os tênis estão disponíveis por US$ 1.018,00 (cerca de R$ 5,7 mil)

Publicado

em

Lil Nas X e “Tênis do Satã” – Foto: Reprodução/Twitter

O rapper norte-americano Lil Nas X, de 21 anos, está se unindo à empresa de calçados MSCHF para lançar o ‘Satan Shoes’ ou ‘Sapato de Satanás’, que é uma versão customizada do Nike Air Max 97 contendo uma gota de sangue humano.

O lançamento conta com 666 pares, que são numerados individualmente e têm a inscrição Lucas 10:18 nas laterais, que diz: “Ele respondeu: ‘Eu vi Satanás caindo do céu como relâmpago. Eu dei a vocês autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano. Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus'”.

De acordo com o portal Entertainment Weekly, os tênis estarão disponíveis por US$ 1.018,00 (cerca de R$ 5,7 mil) a partir desta segunda-feira. Os tênis contém uma gota de sangue humano na sola, retirada de membros da equipe da MSCHF – ironicamente, a MSCHF já havia lançado Air Max 97 customizado chamado “Jesus Shoes”, que a empresa disse que continha água benta retirada do rio Jordão.

Publicidade

Tênis do Satã com sangue humano – Foto: Reprodução/Twitter

Os tênis estão relacionados ao tema do videoclipe de Lil Nas X para sua nova música ‘Montero (Call Me By Your Name)’, em que ele desce ao inferno e seduz o diabo. O lançamento da linha de calçados gerou controvérsia nas redes sociais e foi criticado pelo público cristão.

Em um comunicado, a Nike diz que “Não temos um relacionamento com Little Nas X ou MSCHF”. “A Nike não projetou e lançou esses tênis e não os apoiamos.” diz a nota. A empresa diz não estar envolvida “de qualquer forma” na produção dos tênis.

Publicidade

A MSCHF, a marca do Brooklyn que vende os sapatos, afirma que “cerca de seis” funcionários tiraram seu próprio sangue para doar ao empreendimento de moda de Lil Nas X.

Destaques do Mês